Quer ficar loira? Confira o guia para uma transformação sem riscos

Por Deise Garcia | Fotos Thinkstock

Grande parte das mulheres que se rende à tintura quer clarear os cabelos. Se você faz parte desse grupo e tem a cabeleira dourada como um ideal de beleza, leia nosso guia com atenção: você vai saber cada passo pra chegar lá sem estragar os fios nem se arrepender depois.

De morena básica à deusa platinada

Valorize a loira que existe em você: não deixe o tom das sobrancelhas contrastar muito com o dos fios e evite make intenso nos olhos se o batom for forte e vice-versa.

Ser loira... 

• Dá trabalho. Quanto mais claro for o tom escolhido, mais rápido a raiz aparecerá. Quem quer manter o cabelo em dia pode se preparar para visitar o salão pelo menos a cada 20 dias. 

• Tem seu preço. É só fazer as contas: visitas quinzenais podem significar um gasto fixo de quase 200 reais ao mês. 

• Valoriza a pele. Se ela estiver bronzeada, melhor ainda. Tons dourados iluminam a pele mais escura. 

• Fragiliza o cabelo. Os produtos utilizados para a descoloração costumam ressecar a fibra capilar e deixar as cutículas mais abertas, prejudicando o brilho e a textura e fazendo surgir o efeito espigado. Os danos são menores se, em vez de clarear com descolorante, a cor natural do seu cabelo aceitar a mudança apenas com tintura.

• Disfarça imperfeições. A cabeleira loira chama tanta atenção que probleminhas incômodos como olheiras, espinhas, ruguinhas ficam em segundo plano.

• Exige cuidados específicos. Pode se preparar para usar produtos especiais para loiras, cujas formulações possuem agentes que evitam que o amarelo fique opaco ou com aspecto de palha. Lembre-se de que usar os produtos certos é o melhor caminho para manter a cor bonita por mais tempo.

• Combina melhor com alguns tipos de pele. Se o seu sonho é se transformar em loira, tudo bem.

A proposta desta reportagem é justamente mostrar como todo mundo pode investir em uma mudança no cabelo. Porém, diz o conceito de colorometria — estudo da entonação de cores — que o loiro-claro vai melhor com peles claras, tipo rosadas e olhos claros; o loiro-mel ou dourado combina mais com peles claras, porém amareladas e olhos castanhos; já o loiro-escuro ou queimado pode ser usado com qualquer tom de pele.


O que você precisa saber antes

Antes de se transformar em uma blondie girl, leia atentamente algumas explicações da especialista Sheila Duarte, da L’Oréal, empresa que é referência em produtos para cabelo.

• É possível ficar loira em casa?
Não é recomendado. Embora algumas garotas apelem para o descolorante direto nos fios, o resultado costuma ser comprometedor. Há risco de manchar o cabelo, enfraquecer os fios e provocar alergia no couro cabeludo.

• O que acontece com o fio ao passar por uma descoloração? E por uma tintura clareadora?
A descoloração, ao retirar os pigmentos de melanina contidos no interior da fibra capilar (córtex), acaba sensibilizando mais o cabelo, tornando o fio mais frágil. Na tintura clareadora esse processo
é menos agressivo, pois a tinta clareia menos que um descolorante.

• Quem tem fios escuros e tingidos só pode clareá-los com decapagem?
Sim. A tintura loira só vai agir depois que a escura for removida quimicamente.

• Quantos tons é possível clarear apenas com tinta se a garota tiver cabelo virgem castanho ou preto?
Para quem tem a base escura, há colorações que podem clarear um cabelo natural em até quatro tons.

ABC do cabelo tingido

Clareamento: a técnica, que clareia a cor total do cabelo virgem ou apenas algumas mechas até quatro tons, é feita com tintura permanente ou pó descolorante e água oxigenada. O retoque deve acontecer entre 20 (tintura) e 60 dias (mechas).

Decapagem: método que utiliza água oxigenada e pó descolorante para retirar os pigmentos do cabelo tingido. Radical, só é indicado em mudanças drásticas, para clarear mais de quatro tons.

Descoloração: também recorre à água oxigenada e descolorante, só que para clarear o cabelo virgem em mais de quatro tons.

Tintura: forte, contém amônia e oxidantes que penetram nos fios alterando os pigmentos naturais, dando nova cor ao cabelo. Com ela, é possível clarear de dois a quatro tons da cor natural (desde que o cabelo seja virgem), escurecer ou igualar a cabeleira manchada e cobrir 100% dos fios brancos. Dura até 60 dias sem desbotar.

Mechas: clareamento de feixes do cabelo (desde madeixas fininhas até mais largas, em parte dos fios ou por toda a cabeça).

Compartilhe
Famosas em Boa Forma
Saiba tudo sobre sua famosa preferida
Rede MdeMulher
Publicidade