Publicidade
moçaCaio Mello

Drenagem linfática com bambu

Por Paula Lima

Você pode fazer sozinha, em casa, a massagem campeã quando o assunto é acabar com a retenção de líquidos

 Inicial

Dez entre dez famosas não abrem mão da drenagem linfática, técnica imbatível para a nar a silhueta. Sabrina Sato é uma delas – a apresentadora, aliás, fala maravilhas da drenagem feita com bambu. E é exatamente a esteticista que cuida do corpão da artista, Rosana Farias, do D.K Studio, em São Paulo, que ensina para você o passo a passo do método. Segundo Rosana, o material facilita bastante o trabalho, pois não cansa as mãos e  potencializa os benefícios. “Além de varrer as toxinas, a autodrenagem melhora a circulação sanguínea, modela a silhueta, ameniza a celulite e proporciona um ótimo relaxamento”, garante a profissional. Ela recomenda as manobras três vezes por semana, em dias alternados, de preferência depois do banho. “Seguindo esse ritual, é possível perder, por exemplo, de 2 a 3 centímetros de quadris em um mês”, diz a esteticista. A autodrenagem também funciona para suavizar os sintomas da TPM – se esse for o seu objetivo, comece a pôr as mãos na massa dez dias antes. Importante: a massagem não é indicada para quem temalgum tipo de infecção ou tumor e está grávida. A seguir, veja a série que Rosana preparou, com para massagem ênfase na barriga, no bumbum e nas coxas, áreas que acumulam mais líquido.

Bambu e óleo

Para experimentar a técnica, você vai precisar de um kit de bambu para massagem (facilmente encontrado na internet, com preços que variam entre 30 e 70 reais). Esse tipo de bambu tem a superfície polida, para não machucar a pele. Nas manobras ensinadas nas próximas páginas, use bambus de aproximadamente 35 e 60 centímetros. Não deixe de passar um óleo de massagem para ajudar no deslizamento.

 
 
 

Publicidade

 

 

 

Publicidade


Rede MdeMulher
Publicidade