Suas principais dúvidas sobre hidratação respondidas

Qual a diferença entre hidratar em casa e no salão? Devo usar touca térmica? Existe uma melhor forma de aplicar? Estas e outras dúvidas sobre hidratação respondidas!

 

Foto: Getty Images


Quando devo usar máscaras em casa?

Se a opção é cuidar do cabelo em casa, elas são ótimas aliadas. “Quando as cutículas, espécie de escamas que revestem o fio, se abrem, deixam escapar água e proteínas. Assim, o cabelo fica poroso e ressecado”, fala Sonia Corazza, engenheira química de São Paulo. Para reverter o processo, abuse das máscaras. Enquanto o condicionador serve basicamente para desembaraçar os fios, a máscara age de forma mais profunda, restaurando a estrutura do cabelo. A fórmula conta com os seguintes ativos: manteigas e óleos para hidratar, queratina, aminoácidos e proteína para recuperar e silicone para encapar o fio, prevenindo futuras agressões. Mas não basta aplicar uma única vez e achar que o resultado é imediato. Inclua o uso delas de forma regular na sua rotina de cuidados.

 

Com que frequência devo usar as máscaras hidratantes em casa?

Isso vai depender do seu tipo de cabelo. Fios extremamente danificados por química – como tinta, alisamento, escova progressiva ou relaxamento – podem se beneficiar com duas aplicações por semana. Quem está apenas com o cabelo desidratado, saldo do verão, já consegue recuperar a maciez com uma única aplicação por semana. Por fim, se você tende a sofrer com oleosidade no couro cabeludo, deixe a máscara para uma frequência quinzenal com a seguinte ressalva: espalhe o cosmético apenas nas pontas.

 

Posso misturar cremes de marcas diferentes para incrementar o produto?

Não é recomendado. A fórmula de cada produto foi desenvolvida de maneira equilibrada para garantir determinado resultado. “Ao misturar duas máscaras, o risco de incompatibilidade entre as substâncias é maior. Isso pode causar uma alergia”, avisa Ademir Júnior, dermatologista de São Paulo. O mesmo vale para quem gosta de acrescentar produtos caseiros, como mel, iogurte, abacate, ovo, maionese, aos cosméticos. Teoricamente, por serem alimentos gordurosos, eles ajudariam a lubrificar o fio, deixando-o mais hidratado. “O problema é que essas receitas fazem uma verdadeira meleca! Fica difícil remover a mistura do cabelo, deixando-o pesado e com cheiro ruim”, diz Roberta Bibas, dermatologista do Rio de Janeiro.

 

Existe uma melhor forma de aplicar?

Sim. Os cabeleireiros recomendam aplicar a máscara após o uso do xampu – nesse dia, não precisa passar condicionador -, com o cabelo limpo. O truque é retirar o excesso de água com uma toalha até os fios ficarem levemente úmidos. Dessa forma, os ativos não ficam diluídos, o que poderia prejudicar a eficiência da hidratação. E nada de deixar o produto agindo por mais tempo do que o recomendado na embalagem. “Em vez de melhorar o resultado, essa prática pode trazer prejuízos, como causar oleosidade no couro cabeludo e caspa”, diz a dermatologista Roberta Bibas.

 

Touca térmica melhora o resultado?

Não há necessidade de usá-la. “O aquecimento proporcionado por esse acessório ajudaria a abrir as escamas do cabelo para melhorar a penetração dos ativos hidratantes da máscara”, explica Ana Marta Fernandes Tucci, química da Universidade de Campinas (Unicamp). Isso era muito usado quando os cremes não contavam com a tecnologia que existe nos cosméticos atuais. Hoje, os produtos modernos contêm moléculas pequenas capazes de penetrar na fibra capilar sem esse artifício. Bom para você, já que o ritual fica mais rápido e prático.

 

Qual a diferença entre fazer hidratação em casa e no salão?

A grande vantagem de recorrer à hidratação profissional é receber uma orientação do tratamento mais adequado para o seu cabelo. Com uma análise cuidadosa do seu fio, o cabeleireiro vai saber se recomenda uma hidratação, ideal para cabelo apenas ressecado pela ação do sol, mar ou cloro, ou uma reconstrução, como a cauterização ou a plástica de fios. Essas duas últimas servem para reverter danos causados por química e excesso de uso de secador e chapinha (que arrancam a proteína do fio, prejudicando a estrutura dele). Nelas, são usados aminoácidos ou queratina, substâncias capazes de repor essa matéria que foi perdida. Os produtos de uso específico nos salões também contam com ativos em concentrações maiores – isso significa melhor resultado em menos tempo. Tem outra: você sai com o cabelo macio e brilhante de lá, porque o profissional segue diversos passos – da lavagem com a dupla certa de xampu e condicionador para o seu tipo à finalização com escova – que dão efeito imediato.

 

Como funcionam as doses únicas que se faz no salão?

Essa é boa para quem não gosta ou não tem tempo de hidratar o cabelo da maneira convencional. Batizado de power dose, esse tipo de cosmético tem a mesma função das máscaras – hidratar e recuperar o fio -, mas conta com textura líquida e embalagem de aplicação única, compacta e descartável, perfeita para caber no nécessaire. Outra vantagem: o produto age em até cinco minutos e, em alguns casos, não há a necessidade de enxaguar.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s