ago
24

Belisque de forma inteligente

Por: Eliane Contreras

Sentiu vontade de comer um doce fora de hora? Evite atacar bebidas e comidas açucaradas, principalmente aquelas acompanhadas de gordura como sonho, merengue, donut’s…

No lugar, prefira um pote de iogurte light com fruta fresca ou seca ou um suco de fruta natural sem açúcar. Escolhas inteligentes como essas deixam você feliz e são muito mais leves e saudáveis.

FOTO: Sheila Oliveira


Categorias: Sem categoria
Compartilhe
ago
23

Cappuccino com soja

Por: Eliane Contreras

Quando descobri que o excesso de gases e o volume na barriga eram provocados pelo leite de vaca, cortei esse item do meu dia a dia. Não sofri muito. Afinal, existem várias alternativas para substituir esse alimento: leite de soja, leite de aveia, leite de arroz… Costumo fazer um rodízio entre eles e me sinto muito melhor (e a barriga deu uma secada!).

O problema é quando vou a uma cafeteria: só tenho a opção de pedir café puro. Cappuccino nunca mais! Felizmente, alguém pensou em quem não se dá muito bem com o leite de vaca.

A rede Suplicy Cafés está com uma parceria com a Ades e incluiu no cardápio opções quentes e geladas de bebidas feitas com café e leite de soja. Vou poder ir a uma cafeteria e (maravilha!) pedir um cappuccino… sem leite de vaca.

Suplicy Cafés: são cinco endereços em São Paulo. Confira no site www.suplicycafes.com.br.


Categorias: Sem categoria
Compartilhe
ago
23

Macarrão integral engorda menos

Por: Eliane Contreras

Segunda-feira de manhã e a nutricionista Cristina Menna Barreto já me enviou um email com um textinho bárbaro sobre índice glicêmico. Esse é um assunto complicado, mas a Cris escreveu de um jeito bem fácil da gente entender. Dei uma resumida aqui.

“Tudo, tudinho que comemos é convertido em glicose para alimentar as células do nosso corpo. Mas cada alimento leva um tempo diferente para ser transformado em glicose. Esse é o processo que chamamos de índice glicêmico. E quem leva essa glicose para dentro das células é o hormônio insulina. Se chega muita glicose no sangue, é preciso muita insulina para fazer a distribuição.

Existem alimentos com alto índice glicêmico, ou seja, que liberam glicose no sangue rapidamente e, conseqüentemente, exigem muita insulina. Mas, circulando em excesso, esse hormônio poupa as gordurinhas acumuladas no corpo – aquelas que tanto queremos eliminar. Além disso, esses alimentos saciam pouco e a fome volta logo.

Por sorte existem alimentos com baixo índice glicêmico. Eles são transformados em glicose mais lentamente, exigindo menos insulina e saciando mais, deixando a gente sem fome por mais tempo. Conclusão: são grandes aliados de quem quer emagrecer, perder os pneuzinhos, se manter bem e prevenir doenças como diabetes.

A lista dos alimentos que liberam pouco, mais ou menos ou muita glicose, é um pouco complexa. Mas, para você ir se acostumando, aqui vão os dois maiores vilões: farinha branca e açúcar. Quem aceitar o desafio de ficar sem o prazer desses dois sedutores, pode conferir a perda de peso daqui a três semanas.” A Cris garante!

FOTO: Fábio Castelo


Categorias: Sem categoria
Compartilhe
ago
05

Happy hour pós-malhação

Por: Eliane Contreras

Com certeza você já ouviu falar no clube do uísque, do charuto, da cachaça… Agora existe uma nova categoria bem mais saudável (ufa, ainda bem!). É o Clube do Whey. Criado pela loja D-Vitaminas, no Rio de Janeiro, tem tudo pra dar certo entre a turma que malha e quer músculos.

Funciona assim: em sociedade com alguns amigos, você compra um pote de whey (proteína em pó do soro do leite) e deixa na loja, que usa o produto aos poucos para preparar shakes proteicos, geralmente incrementados com frutas, sempre que vocês passarem por lá. O ideal é consumir esse tipo de bebida depois do treino para que o whey evite que o corpo queime massa magra para repor a energia gasta nos exercícios. Vai ser mais um bom motivo para você encontrar a galera depois da academia!

Onde fica a D-Vitaminas: Rua Conde de Bernadote, 56, loja 122, Leblon. Tel. (21) 2529-8000.

FOTO: JORGE BUTSUEM


Categorias: Sem categoria
Compartilhe
ago
03

Quinua no dia a dia

Por: Eliane Contreras

Que a quinua é um dos alimentos de origem vegetal mais ricos em proteínas, acho que todas nós já sabemos. O que falta agora é incluirmos esse grão com mais frequência na dieta diária (e não apenas num almoço ou jantar especial). A chef Bel Coelho, do restaurante DUI, em São Paulo, sugere usar a quinua numa salada tipo tabule. É muito fácil de fazer: basta cozinhar o grão por 10 minutinhos, escorrer a água e misturar folhas e legumes. Outra sugestão da chef é acrescentar um pouco de maionese para deixar a salada cremosinha. Eu experimentei e gostei! Só um detalhe: se você aderir à idéia, dispense o azeite.

O que vai na receita
1/2 xíc. (chá) de quinua em grão cozida
2 col. (sopa) de damasco picado (opcional)
1 col.(sopa) de cebola roxa picada
3 col. (sopa) de tomate cereja picado
1/2  pepino japonês picado
1/2 xíc. (chá) de peito de peru em cubos
2 col. (chá) de hortelã picada
2 col.(sopa) de folhas de manjericão fresco
2 col.(sopa) de maionese light
10 folhas de rúcula (ou outras folhas)
2 col. (sopa) de amêndoas em lâminas

Como é feita
Em uma tigela, misture a quinua, o damasco, a cebola, o tomate, o pepino, o peito de peru, a hortelã, o manjericão e a maionese. Polvilhe com a amêndoa e decore com a rúcula.
Sugestão: para cada medida de quinua, use duas de água (1 xícara de quinua e 2 xícaras de água, por exemplo) e um pouco de sal. Cozinhe em fogo médio por 10 minutos ou até os grãos dobrarem de volume.
Tempo de preparo: 20 minutos
Rendimento: 4 porções
Calorias por porção: 162

FOTO: divulgação


Categorias: Sem categoria
Compartilhe
ago
03


Sou fã de doce. Mas já faz um tempo que dou preferência para os mais leves, geralmente feitos com frutas. Algumas guloseimas açucaradas, porém, ainda me seduzem. Churros, por exemplo. Eles têm um gostinho familiar irresistível: lembram infância e fim de semana na casa da avó. Pena que são extremamente calóricos. Imagina: massa frita recheada com doce de leite e coberta com canela e açúcar (uau!).

A solução? Comer o Baby Churros da rede Rei do Mate. A receita é idêntica à tradicional, mas os churros são pequenininhos: 10 gramas a unidade. Aí as calorias ficam bem baixinhas: só 27. E você pode pedir a sua porção sem açúcar. Outro truque: convidar uma amiga para tomar um chá da tarde e dividir os churros – a cestinha vem com seis unidades (3,80 reais). Huuumm… delícia!


Categorias: Sem categoria
Compartilhe