Gaby Amarantos: “Uma mulher fitness não precisa ser sarada”

A adolescente que escondia o corpo e alisava o cabelo se tornou exemplo de vida saudável e amor-próprio

Gaby Amarantos, 38 anos, é daquelas pessoas que esbanjam simpatia, alegram qualquer ambiente e falam pelos cotovelos. A confiança nas palavras e nas escolhas – dos alimentos no prato aos turbantes na cabeça – reflete o empoderamento de uma mulher que sabe muito bem o que quer. Mas nem sempre foi assim. “Na adolescência, tinha vergonha do meu corpo porque eu era muito desenvolvida para a minha idade. Ficava tão incomodada que tentava me esconder por trás de roupas”, conta. Foram anos tentando mudar suas curvas, inclusive com inibidores de apetite. “Cheguei a quase 100 quilos e achava que dietas malucas resolveriam meu problema em poucas semanas. Estava totalmente errada. Além de o efeito não durar, meu humor era muito afetado.”

Leia também: Boa Forma de novembro lança a campanha #AmoMinhaBoaForma

O “grito de independência” – como ela mesmo definiu em um post de biquíni no Instagram – só foi proclamado quando a cantora aprendeu a valorizar suas próprias diferenças e parar de se comparar a padrões de beleza estipulados pela sociedade. “Hoje, minha sobrinha vai para a escola com um rabo de cavalo todo encaracolado e um turbante bem colorido. Acho maravilhoso! Quando eu era criança, alisava os fios”, compara.

Saiba mais: Bella Falconi após a gravidez: “Agora, sigo meu próprio padrão”

Inspiração para a família toda, Gaby também influencia o que vai à mesa de casa. “Eles brincam que sou a diretora da escola que fica checando se todo mundo está comendo legumes.” Foi por causa dessa vida saudável (ela pratica atividade física quase diariamente!) e, acima de tudo, feliz que a BOA FORMA escolheu Gaby Amarantos para a capa da edição deste mês, que chegou às bancas nesta sexta-feira (11). Durante a entrevista e o ensaio fotográfico, ela se emocionou várias vezes. “É um sonho pra mim fazer a capa da BOA FORMA – pelas minhas curvas, pelo meu turbante… Sei o que significa: a libertação de muitas mulheres!”

Fique por dentro: Sophia Abrahão diz já ter sofrido bullying por causa do seu corpo

Para saber tudo sobre as mudanças que Gaby fez na alimentação para conquistar um corpo mais saudável, a relação dela com a sua (boa) forma e os cuidados com a pele e o cabelo (que está sempre com o turbante), adquira a nova edição da BF. A gente garante: a leitura vai inspirar você a encarar o verão com mais leveza e menos padrão ;)

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s