Publicidade
• Nesta edição
• Edições anteriores
• Receba a newsletter
home / comportamento /

saúde da mulher

Assine o RSS de Comportamento

Tria dúvidas: transpiração

Suar é normal e saudável, mas pode se tornar um incômodo – ainda mais nos dias quentes que vêm por aí. As dermatologistas Áurea Lopes e Silvia Zimbres, de São Paulo, esclarecem como lidar sem vergonha com a transpiração

Por Marcia Di Domenico

moça

Por que a gente sua mais no calor?
Porque a transpiração serve para regular a temperatura corporal. Quando o ambiente externo aquece demais o corpo, as glândulas sudoríparas entram em ação para resfriar a pele por meio do suor. O mesmo acontece durante a malhação: a temperatura do corpo aumenta e o próprio organismo se encarrega de equilibrá-la, fazendo você transpirar.

Transpiro muito quando nervosa. É normal?
Sim. Em situações de tensão e ansiedade, o organismo recebe uma descarga de adrenalina, hormônio que estimula as glândulas sudoríparas.

Suar emagrece?
Não. Quando você transpira, perde água, sais minerais e toxinas, mas não gordura – o que seria necessário para re etir no peso. Portanto, de nada adianta malhar sob o sol escaldante ou toda agasalhada para estimular a transpiração. Assim, você só acelera a fadiga e prejudica seu desempenho.

O que eu como influencia na transpiração?
Sim. Alimentos condimentados aumentam a temperatura do corpo e podem fazer você suar mais. Bebidas com cafeína, como chá e café, também: elas aumentam a liberação de adrenalina, que ativa as glândulas que fabricam o suor.

Por que algumas pessoas cheiram mal e outras não?
O odor não tem a ver com o excesso de transpiração, mas com a presença de bactérias na pele que, em contato com o suor, causam o mau cheiro em algumas pessoas – isso é bem individual. Roupas de tecidos sintéticos, que dificultam a evaporação do suor, podem piorar o problema, pois favorecem a proliferação dos microrganismos. O melhor tratamento depende de cada caso: pode ser à base de antibióticos no local, sabonetes antissépticos ou antitranspirantes mais potentes.

Desodorante e antitranspirante são a mesma coisa?
O primeiro serve para combater o odor nas axilas, graças à fórmula geralmente à base de álcool e agentes bactericidas, que impedem a ação dos microrganismos que levam ao mau cheiro. O antitranspirante interfere no uxo da transpiração. Ele tem ingredientes (derivados do alumínio) que obstruem os poros e ajudam a controlar a saída do suor para a superfície da pele. A maioria dos produtos no mercado, porém, combina as duas funções: inibir a transpiração e combater o cheiro ruim.

Tenho um amigo que vive com as mãos molhadas, mesmo no frio. Chega a ser desagradável tocá-lo. Por que isso acontece?
Talvez ele tenha hiperidrose, doença que afeta cerca de 3% da população mundial. Ela faz a pessoa suar muito mais do que o normal (sobretudo nas mãos, pés, axilas e cabeça), independentemente da temperatura ou do estado emocional.

Tem cura?
Há vários tratamentos, de remédios  que reduzem a produção de líquidos no corpo a antitranspirantes vendidos com receita médica e, em último caso, cirurgia para eliminar as glândulas sudoríparas. O mais indicado hoje é a injeção de toxina botulínica (a mesma usada para corrigir rugas) no local em que você mais transpira, que vai bloquear o impulso nervoso que faz as glândulas produzirem o suor. O método é e ciente e seguro, mas dura cerca de seis meses e deve ser realizado por um médico especializado na técnica.

Continue Lendo
 
Busca BOA FORMA
FITNESS DIETA RECEITA
publicidade  |  Anuncie
 
publicidade  |  Anuncie
 

Rede MdeMulher
Publicidade