Como evitar que a dieta sem glúten interfira no consumo de fibra

Quem retira a proteína do trigo da dieta geralmente consome menos fibras, e isso pode ser um problema

Pessoas que seguem uma dieta sem glúten podem se tornar 13% mais propensas a desenvolver diabetes, segundo um estudo recente do Departamento de Nutrição da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, nos Estados Unidos. “O problema não é a retirada da proteína do trigo, mas o que é colocado no lugar dela”, diz o nutricionista e farmacêutico bioquímico Gabriel de Carvalho, diretor do Instituto de Nutrição Avançada, em Porto Alegre.

Leia mais: 4 (ótimos) motivos para você incluir mais fibra no cardápio

Apenas trocar o pão integral pela tapioca em todo café da manhã ou escolher um biscoito glúten free feito só com farinha de arroz deixa o cardápio pobre em fibras. Sem falar que muitos desses produtos são ricos em açúcar. Se você precisa – ou quer – evitar o consumo da proteína do trigo, faça trocas conscientes (leia o rótulo) e acompanhe a tapioca com folhas, sementes e grãos.

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo fitness com a newsletter da BOA FORMA

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s