7 tipos de meditação para principiantes

Quando você vence a dificuldade inicial de sossegar a mente, consegue meditar e experimenta o equilíbrio e a felicidade no dia a dia. Quer começar? Selecionamos lugares que oferecem cursos de diferentes versões da prática

Assim, em posição de lótus, é só um jeito de meditar
Foto: Reprodução BOA FORMA

Conheça mais sobre os tipos de meditação e comece já a praticar!

1. Origem indiana

Mais que apenas relaxar, a meditação vipassana, de orientação budista, pretende levar a pessoa a “usar a concentração para demolir a muralha de ilusão que separa da realidade”, fala Cristina Flória, da Casa de Dharma. Na prática, significa alcançar a plena consciência do momento presente e de tudo o que acontece agora. A técnica ajuda a prestar atenção à respiração e melhora a concentração nas tarefas do dia a dia. O centro organiza retiros de meditação a cada dois meses.

Casa de Dharma: Rua Augusta, 2333, Jardim Paulista

2. Para transcender

Vinte minutos sentada, com os olhos fechados, em silêncio e um mantra para mentalizar. Isso é tudo de que você precisa para fazer meditação transcendental, método criado pelo lendário guru indiano Maharishi Maneshi Yogi e praticado por vários famosos, dos Beatles a Wagner Moura. Quem experimenta conta que é fácil se adaptar e incluir o hábito na rotina – e, assim, conseguir mais concentração e controle emocional, sono melhor e menos ansiedade e stress.

Sociedade Internacional de Meditação: Avenida República do Líbano, 592, Ibirapuera. Tel: (11) 3887-6688

3. Em movimento

Para quem pensa que a única maneira de meditar é sentada, parada e em silêncio, as meditações ativas, desenvolvidas pelo Osho, são uma novidade. “Você dança, chacoalha o corpo, respira intensamente e até grita, entrando num quase transe emocional”, define Isabelle Moura, professora da Companhia do Ser, que organiza práticas avulsas e retiros meditativos. A técnica aumenta a vitalidade, ajuda a enfrentar as dificuldades de forma mais relaxada e confiante.

Companhia do Ser: Rua Paulistânia, 309, Sumarezinho. Tel: (11) 3774-0898

7 tipos de meditação para principiantes

Altar taoísta: um convite a relaxar
Foto: Reprodução BOA FORMA

4. Som que relaxa

A Fundação Arte de Viver, fundada pelo guru indiano Sri Sri Ravi Shankar, ensina a técnica sahaj samadhi (meditação sem esforço, do sânscrito), que elimina o stress e rejuvenesce o organismo quando praticada regularmente. “Durante a sessão guiada, você é levada a perceber cada parte do corpo, os ruídos e os pensamentos e repete um mantra que conduz a um estado de relaxamento mais profundo do que o do sono”, explica a professora Thaíse Cabral, que orienta as aulas. No site da instituição, você encontra vídeos de meditações guiadas pelo próprio Sri Sri Ravi Shankar.

Arte de Viver: Rua João Ramalho, 1171, Perdizes. Tel: (11) 3569-6000

5. Até pela internet

Na Organização Brahma Kumaris, a meditação está ligada ao raja ioga, que pode ser definido como a união com o supremo, e o objetivo da prática é levar ao autoconhecimento e à autorrealização. “Não envolve posturas físicas ou cânticos. É uma prática de acalmar a mente agitada por meio de pensamentos positivos sobre a natureza verdadeira do ser”, explica Juliana Vilarinho, professora do local. Há cursos extensivos (com oito aulas), intensivos (aos sábados), na forma de retiros de fim de semana e à distância (pelo site da instituição).

Brahma Kumaris: Rua Dona Germaine Burchard, 589, Água Branca. Tel: (11) 3864-3694

6. Leve como o ar

Respirar é a receita da meditação xin zhai fa, difundida pela Sociedade Taoísta do Brasil, que tem o objetivo de limpar a mente de medos, anseios, traumas e preconceitos. “Você fica imóvel, relaxada, respirando calmamente e com o pensamento apenas no ar que entra e sai do corpo”, explica Wagner Canalonga, sacerdote regente da sociedade em São Paulo. “Caso a mente se disperse por algum estímulo interno (pensamentos ou imagens) ou externo (barulhos ou cheiros), é só abandonar a distração e retornar a atenção à respiração”, completa.

Templo do Tesouro do Espírito: Avenida Liberdade, 113, 3º andar, Liberdade. Tel: (11) 3105-7407.

7. Junto com ioga

As posturas e os ensinamentos da prática indiana são bem-vindos quando o objetivo é acalmar o corpo, a cabeça e conseguir meditar. No Pramana Centro de Cultura de Ioga, eles são usados como preparação da aula de meditação. “Comparamos nossa mente a um macaco que pula de galho em galho”, fala Sílvia Berndorfer, professora do local. “Nós pulamos de pensamento em pensamento, que precisamos aprender a controlar para manter o foco em uma coisa por vez”, diz.

Pramana Centro de Cultura de Ioga: Rua José Maria Lisboa, 265, Jardim Paulista. Tel: (11) 3884-9162

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s