Publicidade
• Nesta edição
• Edições anteriores
• Receba a newsletter

"Venci o efeito ioiô e emagreci 30 kg"

Lorena chegou a trancar a faculdade porque tinha vergonha de sair de casa

Left3-disabled
Right3-enabled

Lorena Alencar | Idade: 27 anos | Altura: 1,75 metros Caio Mello

Leia também

Passei a adolescência inteira de dieta, indo ao endocrinologista, a spas e tomando remédio para emagrecer. Aos 13 anos, pesava 93 quilos. E não era à toa: comia muito (e totalmente errado) e várias vezes acordava de madrugada para assaltar a geladeira. Nadava e jogava vôlei, só que usava isso como desculpa para detonar na volta para casa. O resultado foi um engorda e emagrece que durou anos: toda vez que perdia peso, relaxava e recuperava tudo de novo. Vivia triste, mal-humorada e cheguei a trancar a faculdade porque tinha vergonha de sair de casa. A mudança com meu marido para o interior de Minas Gerais por causa do trabalho dele foi minha grande virada.

Detestava a cidade onde fomos morar, vivia frustrada e, claro, descontava a infelicidade na comida. Para piorar, como viajávamos bastante, era difícil seguir uma dieta (e eu usava isso como pretexto cada vez que desistia de uma). Pesando mais de 90 quilos, percebi que precisava tirar algo de bom daquela situação em vez de ficar em casa deprimida. Comprei revistas com receitas saudáveis e passei a cozinhar para nós.

Descobri que quando você mesma prepara as refeições mantém outra relação com a comida. Gostei tanto que fiz um curso de culinária light e comecei a ler tudo sobre dieta e nutrição. É verdade que tive momentos de desânimo e voltei a engordar nessa trajetória, mas a maior conquista foi me convencer de que não posso comer como se o mundo fosse acabar amanhã, pois manter-se magra é um processo para a vida toda. Em um ano cheguei aos 63 quilos. Além da força de vontade, a academia (faço bike ou jump três vezes por semana e pilates duas vezes) e o blog que criei foram foram fundamentais para o meu sucesso. Quem quer emagrecer tem que deixar de lado as desculpas para faltar na ginástica e começar a dieta amanhã. Hoje sei que a vontade de comer passa, enquanto o prazer de entrar no seu jeans favorito é para sempre. 

Sacrifício, sim, mas nem tanto

O maior erro de quem quer perder peso é acreditar que, para isso, é preciso sofrer. “Comer salada de segunda a sexta e atacar os doces no fim de semana é uma armadilha”, diz Lorena. Para ela, o segredo é equilíbrio. “Como tudo o que quero a semana toda, controlando as porções e sabendo usar a lei da compensação. Se quero sair para tomar minha cervejinha, que adoro, já sei que naquela semana não posso faltar à academia.

Continue Lendo
Busca BOA FORMA
FITNESS DIETA RECEITA
publicidade  |  Anuncie
 
publicidade  |  Anuncie
 

Rede MdeMulher
Publicidade