Publicidade
• Nesta edição
• Edições anteriores
• Receba a newsletter
home / famosas /

treinos de sucesso

Assine o RSS de Famosas

Tania Khalill: corpo esculpido pelo balé

A atriz revela à BOA FORMA como mantém as curvas sempre enxutas

Por Carlos Amoedo
Left3-disabled
Right3-enabled

Tânia Khalill Foto Nana Moraes Tânia Khalill: curvas na medida certa

Como bailarina, ela integrou o elenco de estagiários do Balé Nacional de Cuba. Sempre com muita dedicação. “Eu não era o que se poderia chamar de um talento nato para a dança, mas eu queria ser boa no que fazia. Então não media esforços para estar sempre no mesmo nível das demais profissionais”, conta. E também para manter o corpo esguio das bailarinas. Com apenas 12 anos, achou que estava gordinha e fez uma dieta rigorosa. A partir daí, foram várias, uma mais maluca do que a outra. Chegou até a desmaiar em um ensaio. A preocupação excessiva com o peso desapareceu quando ela deixou definitivamente a dança. A maturidade também influiu. “Ela mostrou que tenho que me cuidar melhor se quero envelhecer bem”, diz.

Mais foi graças à luta travada por 16 anos contra os limites de seu corpo, que incluía, evidentemente, muitos exercícios de condicionamento físico e a repetição exaustiva de cada movimento, em busca da perfeição, que Tania chegou aos 32 anos com um corpo desenhado e gracioso – e com uma barriga chapada de dar inveja! Sua musculatura abdominal é discretamente marcada, digna de quem capricha diariamente nos abdominais. Mas ela jura que não faz nenhum.

Então, Tania, como explicar essa sua barriga dos deuses sem os abdominais? Com um sorriso maroto no rosto, uma de suas marcas registradas, ligeiramente corado como o de uma criança tímida que é elogiada em público, ela responde: “Já fiz muito exercício abdominal quando era bailarina”. Ah, a dança! Faz todo sentido! Entre os 6 e 22 anos, a atriz praticou e respirou intensamente balé clássico, uma atividade que levou tão a sério (ou até mais) que os estudos de psicologia, o seu ofício de formação, jamais praticado. A dança, que tem no abdômen o centro de equilíbrio para a execução de todos os movimentos, é o segredo de sucesso da barriga de Tania.

Atualmente, seu programa de exercícios é pautado apenas em atividades aeróbicas, como corrida – à beira- mar, quando está no Rio gravando, e na esteira que tem em sua casa, em São Paulo. Ou ainda nas várias repetições “para a frente e para trás” no Transport, aparelho que ganhou do marido – o músico Jairzinho, com quem é casada há oito anos – e simula os movimentos do esqui na neve (além de queimar gordura, ele é ótimo para esculpir as coxas e levantar o bumbum).

Ela tenta fazer pelo menos 45 minutos de atividade aeróbica diariamente. E não é apenas questão de manter o corpo enxuto. “Meu organismo está acostumado com as endorfinas que o exercício libera. Se fico parada, me sinto indisposta e estranha, como se estivesse faltando algo no meu dia”, diz. O tronco suavemente delineado e as coxas torneadas (ainda resquícios da dança e mantidas com a corrida e o Transport) ajudam a compor seu visual. “Nunca imaginei que eu viraria uma corredora. Mas é o que dá pra fazer quando a gente não tem muito tempo ou horário certos para malhar e vive entre duas cidades. Se estou em casa, aproveito para estudar o texto da novela, enquanto corro na esteira ou faço Transport”, diz. Como a alma de dançarina continua a pulsar forte, ela optou também por exercícios que têm afinidade com o balé. “Adoro Pilates. Parei de praticar por falta de tempo, quando comecei a fazer a novela. Assim que terminar as gravações, pretendo voltar. Tem tudo a ver comigo. Nunca gostei de exercícios com peso, como musculação”, confessa.

Fotos Nana Moraes Realização Leila Macedo. Produção: Aline Fava. Cabelo e maquiagem Wilson Eliodório by Wilson Eliodório Studio, Gustavo Dresser (assistente). Biquini Cyann, pulseiras Otávio Giora, anel e brincos H.Stern. Cenografi a Alexandre Thalllinger.

 
Busca BOA FORMA
FITNESS DIETA RECEITA
publicidade  |  Anuncie
 
publicidade  |  Anuncie
 
 

Rede MdeMulher
Publicidade