Você precisa só de 1 minuto de exercício intenso para emagrecer

Nada de passar horas e horas na academia. A ideia, aqui, é aproveitar o melhor do treino intenso em poucos minutinhos de esforço

É da turma que não aguenta passar horas na academia? Tudo bem, segundo um novo estudo da Universidade McMaster, no Canadá, você só precisa de um minuto de exercício intenso para ter o mesmo efeito de 45 minutos de atividade física moderada.

A pesquisa, publicada na revista PLoS One, analisou 27 homens sedentários com o objetivo de medir a capacidade aeróbica, a forma como o organismo controla o açúcar no sangue e o funcionamento do músculo. Os participantes foram, então, divididos em três grupos. O primeiro não fez nenhuma mudança em sua rotina, que era sedentária. Os voluntários do segundo grupo foram orientados a realizar um treino com aquecimento por cerca de dois minutos e, depois, exercício moderado com bicicleta ergométrica por 45 minutos.

Já o terceiro grupo foi submetido a uma sequência dinâmica de atividade física com picos de intensidade. Primeiro, os participantes foram orientados a fazer um aquecimento de dois minutos na bicicleta ergométrica. Depois, deveriam pedalar com a maior intensidade possível durante 20 segundos. O aquecimento e o exercício de intensidade deveriam ser repetidos três vezes. Ao final, para se recuperar, eles reduziam o ritmo durante três minutos. A sequência total dura dez minutos, e o esforço físico intenso apenas um.

Os grupos que foram orientados a praticar a atividade deveriam repetir a orientação três vezes por semana. A pesquisa foi realizada durante 12 semanas. Resultado: os dois grupos registraram mais qualidade de vida, aumentaram a resistência em 20% e controlaram melhor a reação da insulina no organismo.

“Se você é um atleta de elite, e realiza tanto um treino como o outro, irá potencializar seu desempenho. Mas se você é alguém, como eu, que só quer melhorar a saúde e perder os quilinhos extras, os resultados mostram que você pode se beneficiar com até mesmo um único minuto de exercício intenso”, disse Martin Gibala, responsável pelo estudo.

Mas, aqui, fica o alerta: antes de sair por aí treinando a todo vapor, faça uma avaliação médica e se certifique de que a saúde está em dia!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s