A blogueira Loris emagreceu 22 quilos e se reinventou na cozinha

A blogueira Suélen Canin, 29 anos, conhecida como Loris, se acertou com seu corpo ao encontrar uma atividade física que desse prazer e desenvolver suas próprias receitas saudáveis

Fui criada boa parte da vida por minha avó, em Araçatuba, noroeste paulista. Por puro carinho, ela me cobria de gostosuras, como bolinho de chuva, bolo de cenoura e massas. E eu, que desde bebê fui “fortinha”, só ia engordando. A primeira vez em que me senti mal por causa do peso foi na escola, quando o professor de educação física estava tirando as medidas dos alunos. Ele falava nosso peso em voz alta para que um assistente anotasse – e o meu era igual ao do maior menino da sala. Daí começaram as brincadeiras. Mas criei uma barreira em relação ao meu corpo ao me dedicar aos estudos e seguir em frente. No fundo, porém, não me sentia bem com o que via no espelho e, por volta dos 13 anos, já tinha difculdade de realizar um esforço maior. Um dia, pedi a um professor que me indicasse um esporte que eu pudesse gostar e que exigisse de mim. Ele me apresentou o basquete, o primeiro grande amor da minha vida. As treinadoras eram rígidas e, se eu errasse o exercício, tinha de fazer em dobro. Como eu me dedicava, emagreci e virei praticamente uma vareta! Só que não dava atenção à dieta. Refrigerante, coxinha e bombom estavam em meu cardápio diariamente. O tempo passou e entrei na faculdade de desenho industrial. Como minha mãe não podia arcar com as despesas dos estudos, deixei do basquete e comecei a trabalhar. Da rotina de treinos de quatro horas por dia, voltei para o sedentarismo e continuei com a alimentação de sempre. Em menos de um ano, cheguei aos 100 quilos. Passei a tomar remédios inibidores de apetite, que me tiravam 5 quilos em uma semana e me traziam 7 quilos de volta. Fiz isso várias vezes. Até que em uma noite passei muito mal. Fui submetida a exames e constatei que, aos 21 anos, estava com início de úlcera. Foi nesse momento que resolvi dar um basta a essa história. Voltando do médico, passei em frente a uma academia de jiu-jítsu e entrei para ver uma aula. Parecia muito difícil, mas o desafio mexeu comigo e me matriculei. Além de me ajudar a perder os primeiros 10 quilos, a arte marcial trouxe foco para o que eu realmente queria conquistar.

Terminando a faculdade, já sabia que viria para São Paulo para trabalhar. Assim, me organizei e saí em busca de emprego. Como demorou um pouco e a ansiedade bateu, engordei de novo – ganhei 12 quilos! Fui atrás de uma academia que tivesse jiu-jítsu para retomar o esporte e encontrei uma com boxe e musculação também. Descobri duas novas paixões. Só faltava cuidar da alimentação. Procurei um nutrólogo esportivo, que me passou uma dieta quase sem carboidratos, o que ajudou a diminuir o peso. Porém isso me tirava a energia para treinar. Somente aos sábados ou domingos eu podia consumir carbo – e com moderação. Foi aí que a gordinha precisou entrar na cozinha e reinventar receitas. Comprei grãos, sementes e produtos diet e light. A cada final de semana, nascia uma nova receita, que passei a compartilhar entre meus amigos no Facebook. Até que decidi reunir tudo em uma página na internet. Assim, há um ano, surgiu o blogdaloris.com – Loris, uma alusão a “loira”, é meu apelido há anos – e meu Instagram (@_blogdaloris_), que tem mais de 207 mil seguidores. Hoje, aos 29 anos, com a ajuda de um novo médico, que, diferentemente da primeira experiência, tem um conduta de alimentação mais equilibrada, e com atividade física (boxe, duas vezes por semana, e musculação e treino HIIT, cinco vezes por semana), sinto que atingi meus objetivos. Assim, venho conseguindo me manter com 80 quilos, proporcionais
à minha altura, que é 1,80 m. Estou melhor do que nunca! 

3 truques para driblar a fome

Na hora que bate aquela vontade repentina de comer, de dia ou à noite, Loris vai para a cozinha e se salva com:

1. Castanha-do-pará. “Indicada por meu médico, ajuda a controlar a grelina, o hormônio da fome. Duas unidades são o suficiente.” 

2. Gelinho ou sacolé detox. “Feitos com os ingredientes básicos do suco detox, whey protein de baunilha e água – e levados ao freezer –, eles resolvem quando dá vontade de doce.”

3. Ovos + whey protein isolada de chocolate + essência de baunilha. “Esses ingredientes se transformam em um delicioso petit gateau de alto valor biológico. É só misturar o ovo e o whey, acrescentar gotinhas de baunilha, colocar em uma xícara pequena e levar ao micro-ondas por 40 segundos.”

Altura: 1,80 metro | Peso atual: 80 quilos | Conquista: perdeu 22 quilos ao longo de dois anos

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s