Fernanda Lima aposta na alimentação saudável para manter o corpo

Para se manter fininha, deslumbrante e cheia de energia, ela tem uma rotina que combina à perfeição com seu estilo de vida. Que tal descobrir os segredos que fazem dela uma de nossas musas favoritas?

Apresentadora de sucesso, modelo das mais requisitadas, dona de um corpo escultural. Fernanda Lima está mesmo numa fase de ebulição. E está com o corpo ainda melhor. O segredo? Ela não abre mão de uma rotina saudável. “Em casa, todos comem saladas, legumes pouco cozidos, açaí, massas integrais e quinua. Eu evito doce e bebo muita água”, revela. 

 
As frutas também não podem faltar. “Procuro comê-las com casca, pois as fibras ajudam no funcionamento do intestino e melhoram a pele”, acrescenta. Ela bebe chá diariamente. Seus favoritos são o de gengibre com limão, o de maracujá com mel e o preto com um pouco de leite. Gaúcha das boas, também não abre mão do chimarrão e do pinhão cozido, que o pai manda para ela direto do sul. 
 
Raramente, se permite tomar um refrigerante zero. Embora coma de tudo, controla direitinho a quantidade – sempre duas colheres de sopa de arroz integral, uma colher de feijão, uma de sopa de purê e muitas verduras cruas ou cozidas em água. “Por cima disso tudo, um ovo estalado, que adoro”, fala. 
 
Quando se sente inchada, na TPM, toma mais água – sempre sem gás. Recentemente, passou a carregar na bolsa a barrinha Mixed Nuts, da Agtal, para tapear a fome durante o trabalho. Disciplinada, cai em tentação com as guloseimas apenas de vez em quando. “É quando a Beth, que trabalha lá em casa, faz um bolo formigueiro delicioso. Não resisto e dou umas bicadas”, diz, brincando. 
 

No café da manhã, desintoxicar 

Todos os dias, antes das 8 horas, Fernanda toma um copo de água morna. Na sequência, prepara um copo de “suco da luz”, feito com maçã, gengibre, couve, agrião, pepino, folhas de hortelã e sementes germinadas de girassol, de grão-de-bico ou de lentilha. A refeição fica completa com uma fatia de mamão com granola feita em casa. “Uma hora depois, tomo uma xícara de café preto com leite integral”, conta. Gosto de omelete no café da manhã, mas deixo para os fins de semana. 
 

No almoço, nutrir 

O almoço, às 11h30, é sempre farto: pode ter arroz, feijão, verduras e farofa, macarrão com molho de tomate ou bolonhesa, estrogonofe de carne com batata palha, peixe com purê e por aí vai. “Mas, quando quero dar uma secada, como peixe com salada verde e banana”, diz. Como aposta nos grãos e nos integrais, o carboidrato, para ela, nunca foi o vilão. “Amo todas as batatas, os grãos, todos os tipos de arroz, apesar de comer mais o integral. Também consumo feijões variados, mas meus favoritos são o vermelho e o azuki.” Nem o pão está fora do cardápio. “Se aqui, no Brasil, eles fossem tão gostosos quanto na Europa, comeria muito mais”, assume. “É claro que aquele pãozinho francês não faz bem, mas acho irresistível. Por isso, procuro passar longe.” 
 

No jantar, saciar 

A apresentadora conta que janta sempre no mesmo horário, às 19 horas. Assim, não vai dormir de barriga cheia. Evita abusar dos carboidratos e aposta nas sopas ou saladas, que provocam a saciedade sem estufar. Outro segredo é não beber nada durante a refeição para não prejudicar a digestão nem provocar a retenção de líquidos. Ela também prova algumas das receitas do marido, como risoto de abobrinha e chuchu à milanesa. “Ele cozinha muito bem”, elogia. 
 

Alimentação, tintim por tintim 

Quais são suas frutas e seus legumes favoritos? 
Amo abacate, manga, lichia, caqui, maracujá, limão e tangerina. E adoro quiabo, ervilha-torta, berinjela, mandioquinha, batata-doce, batata-inglesa, tomate, alface, rúcula e couve-flor. 
 
Como tempera a salada? 
Só com azeite de oliva e sal. Às vezes, salpico com semente de girassol ou de linhaça torradinha. 
 
Dá preferência aos orgânicos? 
Rodrigo e eu plantamos orgânicos em nosso sítio e trazemos para casa. Mas, quando as verduras acabam, compro as normais no supermercado. 
 
Que tipo de proteína você prefere? 
Gosto dos grãos. Só como frango e peixe se estiverem bem frescos. Adoro carne vermelha, mas ela não me cai muito bem na hora de fazer a digestão. Por isso, evito comer todos os dias. Mudou alguma coisa na maneira de se alimentar 
 
Nos últimos anos? 
Já tive um cardápio mais regrado e restritivo. Atualmente como tudo que gosto, mas em quantidades menores. Gostaria de ir a uma nutricionista e seguir um cardápio rigoroso, com alimentos e combinações que me favorecessem, mas sou péssima paciente e nunca obedeço às ordens dos especialistas. 
 
Quais são as guloseimas de que não abre mão? 
Sonho de Valsa. Adoro! Também sou louca por Yakult. 
 
O que consome para dar energia durante o trabalho? 
Água de coco é o principal. Mas não me privo de comer algumas bobagens de vez em quando. Se tiver sanduíche, eu como. Se tiver umas balinhas, eu aceito e tudo bem. 
 
Do que não abre mão mesmo quando deseja enxugar uns quilinhos? 
Do meu café com leite integral. Com leite semidesnatado, não é a mesma coisa! 
 
Você come doces? 
Como pouco. Mas, quando tem um pudim gostoso, não resisto. Um bom sorvete também me tira do sério. Porém gosto mesmo é de abacate batido com sorvete de creme. Acho irresistível!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s