Corrida: 5 estratégias infalíveis para prevenir dor no pé

Prestar atenção aos sinais que o seu corpo emite é importante para manter o desempenho e melhorar sua performance. Aqui, atitudes simples que você colocar em prática e evitar dores e lesões

Se a dor nos pés é constante após ou durante seus treinos de corrida, fique ligada, algo pode estar errado! Separamos algumas dicas para você aproveitar o seu exercício sem nenhum tipo de incômodo:

1. Treine os pés
Peça ao seu treinador exercícios específicos para deixar os pés mais fortes. Uma vantangem deste tipo de treino é que dá pra fazer em qualquer lugar, por exemplo: com os dois pés no chão, procure levantar somente o dedão (10 repetições para cada pé, um de cada vez). Assim você estará exercitando pequenos músculos, uma ótima opção para previnir dores na corrida!

2. Repense o seu tipo de tênis
Com tantos modelos novos e promissores no mercado, fica difícil escolher a melhor opção. É importante lembrar que nem sempre a dica da sua amiga corredora cabe para você. Afinal, cada pisada é diferente e é preciso escolher um modelo que atenda as suas características, por isso, a recomendação é fazer um teste de pisada (algumas academias e lojas oferecem gratuitamente).

Veja também: 8 alimentos que turbinam o seu treino de corrida

3. Massageie o seu pé
Antes do exercício, faça um aquecimento dinâmico (elevação de joelhos, afundos, rotação do tronco) para aumentar o fluxo sanguíneo nos músculos, incluindo os do seus pés. Isso prepara o corpo para se mover de forma mais eficiente. Após a corrida, massageie suavemente seus pés durante pelo menos 10 minutos, pode prevenir lesões e aliviar a dor na região. Além de relaxar, a prátrica também estimula os nervos.

4. Troque o tênis após 684 km
Sua taxa de impacto começa a aumentar drasticamente quando um tênis de corrida, independente da marca, atinge 425 milhas (algo como 684 km), de acordo com dados da Milestone Sports, uma empresa de tecnologia de esportes. O amortecimento é extremamente importante para a prevenção de lesões e dores, por isso, fique de olho no desgaste da sua sola mesmo se você ainda não atingiu a quilometragem!

5. Tire um dia de descanso
Assim como outras partes do seu corpo, os músculos do pé precisam de tempo para se recuperar. Evitar dois ou mais dias seguidos de corrida é a melhor maneira de evitar lesões por sobrecarga. Mas, se você está treinando para uma prova, certifique-se de descansar pelo menos um dia por semana e alternar a rotina de corrida com treinos como natação, bicicleta, musculação e ioga. E se você está tentando aumentar a distância percorrida, faça a mudança aos poucos – de 10 a 20% a cada semana.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s