Dá para acabar com a celulite malhando?

Descubra o real efeito da atividade física no combate a essas marcas

Por Daniela Bernardi - Atualizado em 9 jan 2018, 19h07 - Publicado em 9 dez 2017, 08h00

“Boa notícia: de fato, atividades físicas ajudam a reduzir a aparência desses furinhos. Em mulheres magras, a flacidez é a grande responsável pelo surgimento deles (neste caso, faça funcionais para ganhar tônus muscular). Já se estiver com sobrepeso, inclua na rotina modalidades que mesclam treinamento aeróbico e de força, como o crossfit.

Leia mais: Treino de muay thai queima 500 calorias em 30 minutos

Em ambas as situações, converse com seu nutricionista, porque tão importante quanto a malhação é a dieta – alguns alimentos inflamatórios (pensou no glúten?) podem agravar o quadro. Além disso, problemas venosos tendem a prejudicar a situação. Exercite a panturrilha para incentivar o sangue a retornar ao coração e faça massagens linfáticas, que estimulam a circulação”, recomenda Rafael Lund, mestre em ciência do esporte e personal trainer de algumas celebs, como Deborah Secco e Flávia Alessandra.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

Dúvidas de treino? Envie para boaformapersonal@abril.com.br.

 

Continua após a publicidade
Publicidade