O cardápio pós-parto de Alinne Moraes

Com disciplina e uma dieta segura (boa para ela e para o bebê), a atriz conseguiu eliminar os 20 quilos que ganhou na gravidez

Alinne Moraes sempre foi boa de garfo. “Não sou radical. Inclusive, na última segunda-feira, teve pizza lá em casa.” Mas ela segue algumas regrinhas para equilibrar a dieta: beber muita água, se alimentar a cada três horas e priorizar as vitaminas. “Sempre levo castanhas e barrinhas na bolsa e bebo suco diariamente para não deixar a imunidade cair”, conta. Inspirada na atriz, a nutricionista funcional Dafne Oliveira, de São Paulo, montou um cardápio especial para as mamães que acabaram de ter filho (veja abaixo). “Nos primeiros três meses, a mulher precisa de um reforço nutricional por causa da amamentação. Para ter noção: a cada 100 mililitros de leite produzido, você chega a gastar 67 calorias.” Por isso, é importante consumir alimentos ricos em ferro, vitaminas A e C, cálcio e magnésio, que ainda garantem um leite com qualidade. “A quantidade recomendada de água por dia sobe para 3 litros, no mínimo.”

CARDÁPIO BOM PRA VOCÊ… E PRO BEBÊ

Café da manhã

Opção 1: Smoothie de frutas vermelhas com água de coco e biomassa de banana verde: 3 col. (sopa) de frutas vermelhas congeladas (mirtilo, amora, framboesa, morango) + 200 ml de água de coco natural + 1 col. (sopa) de biomassa de banana verde + 3 fatias de queijo de minas light, temperadas com orégano + 2 bolachas de arroz integral torradas ou 1 tapioca pequena integral: 2 col. (sopa) de tapioca + 1 col. (sopa) de farelo de aveia.
Opção 2: 1 fatia de mamão formosa + 1 col. (sobremesa) de farinha de linhaça + 2 ovos-caipiras cozidos + 1 tapioca pequena integral: 2 col. (sopa) de tapioca + 1 col. (sobremesa) de farelo de aveia.

Lanche da manhã

Opção 1: 14 cerejas + 2 punhados de semente de abóbora.
Opção 2: 1 fatia de melão + 1 col. (sopa) de amêndoas em lâminas por cima.

Almoço

Opção 1: SALADA – 1 prato (sobremesa) de folhas orgânicas à vontade (alface roxa + rúcula) + 1 xíc. de broto de alfafa + 4 rodelas de tomate orgânico + 1 col. (sopa) de azeite extravirgem + folhas de manjerição + 1 pitada de sal (rosa do Himalaia, de preferência). PRATO QUENTE – 1/2 xíc. de brócolis cozidos + 3 col. (sopa) de arroz negro + 2 col. (sopa) de lentilhas cozidas + 1 filé de peixe.
Opção 2: SALADA – 1 prato (sobremesa) de folhas orgânicas à vontade (alface crespa + raddicchio) + 2 col. (sopa) de beterraba orgânica ralada + 1/2 xíc. de pepino orgânico + 1 col. (sopa) de azeite extravirgem + limão espremido + uma pitada de sal (rosa do Himalaia, de preferência). PRATO QUENTE –  1/2 xíc. de moyashi (broto de feijão) cozido e refogado + 3 col. (sopa) de quinua cozida + 2 col. (sopa) de grão-de-bico + 1 filé-mignon assado ou cozido.

Lanche da tarde

Opção 1: Taça de iogurte com cereal e fruta – 1 iogurte natural desnatado + 2 col. (sopa) de aveia + 2 ameixas roxas picadas.
Opção 2: 2 torradas integrais + 2 col. (sopa) de cottage + 1 copo de suco antioxidante e calmante: polpa de 1/2 maracujá + 1 xíc. de salsinha picada + 1 galho de hortelã + 1 rodela de gengibre + 1 col. (sobremesa) de biomassa de banana verde.

Jantar

Opção 1: SALADA – 1 prato (sobremesa) de folhas orgânicas à vontade (repolho roxo + acelga picada) + 3 col. (sopa) de vagem cozida + 1/2 xíc. de couve-flor cozida + 3 rodelas de berinjela assada + 1 col. (sopa) de azeite extravirgem + orégano + 1 pitada de sal (rosa do Himalaia, de preferência). PRATO QUENTE – Cubos de frango com cebola e pimentão, temperados com açafrão + 2 col. (sopa) de arroz sete grãos + 4 aspargos cozidos.
Opção 2: SALADA – 1 prato (sobremesa) de folhas orgânicas à vontade (alface lisa + agrião) + 2 col. (sopa) de cenoura orgânica + 1/2 xíc. de rabanete +n 1 col. (sopa) de azeite extravirgem + limão espremido + 1 pitada de sal (rosa do Himalaia, de preferência). PRATO QUENTE – 3 col. (sopa) de abobrinha refogada com salsinha + 4 rodelas de batata-doce assada com alecrim + 1 filé de peixe.

Lactose, pode?
Por via de regra, sim. O problema é quando você já não digere bem a proteína e o seu corpo produz imunocomplexos por causa disso. “Esses componentes chegam ao bebê pelo leite materno, o que pode causar cólica”, diz Dafne Oliveira. Nesse caso, é melhor evitar laticínios até o terceiro mês. Pimenta e alho podem alterar o sabor do seu leite também, viu? E álcool está proibido, pelo menos por enquanto.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s