Café verde dá pique para malhar e acelera a queima de gordurinhas

O green coffee (o grão sem ser torrado) é mais eficiente quando o assunto é emagrecimento. Entenda

Por Eliane Contreras - Atualizado em 28 out 2016, 04h28 - Publicado em 18 jun 2016, 14h55

O cheirinho é inconfundível e o poder de espantar o sono, inquestionável. Consumido antes do treino, o café dá pique para malhar e acelera a queima das gordurinhas. Mas o green coffee (o grão sem ser torrado) é mais eficiente quando o assunto é emagrecimento: em um estudo da Universidade de Scranton, na Pensilvânia (EUA), os voluntários obesos que consumiram o café verde na forma de suplemento secaram 8 quilos (10% do peso inicial) em seis meses. Os especialistas acreditavam que o mérito era da cafeína (duas vezes maior nessa versão do grão), mas a estrela é o ácido clorogênico. “Essa substância age no metabolismo da glicose, inibindo a absorção do açúcar e a formação de novos depósitos de  ordura”, afirma a nutricionista Pollyanna Esteves, de São Paulo. A dose sugerida: em geral, 200 miligramas, divididas em duas vezes – de manhã e à tarde. Mas uma recomendação personalizada, claro, sempre traz mais resultados. Veja mais detalhes ao lado.

>>CÁPSULA OU PÓ?
De preferência, em pó (comprado em uma farmácia de manipulação com boa referência). “As cápsulas não são completamente confiáveis, pois nem sempre é possível a gente saber o que realmente tem dentro delas”, diz Pollyanna.

>>CAFÉ NO CREME
Os pesquisadores estudam a possibilidade de acrescentar o green coffee a cosméticos específicos para combater o envelhecimento precoce da pele e do cabelo, já que ele também apresenta uma concentração surpreendente de flavonoides e outros antioxidantes.

>>CAFÉ NO CREME
Os pesquisadores estudam a possibilidade de acrescentar o green coffee a cosméticos específicos para combater o envelhecimento precoce da pele e do cabelo, já que ele também apresenta uma concentração surpreendente de flavonoides e outros antioxidantes.

Continua após a publicidade
Publicidade