Quem malha precisa comer mais alimentos ricos em ferro

Queda de cabelo, unhas quebradiças e falhas de memória são alguns sinais de que esse mineral está abaixo do normal. Saiba mais

Por Eliane Contreras - Atualizado em 28 out 2016, 04h07 - Publicado em 9 set 2015, 15h43

Sim. “O exercício estimula a circulação do sangue, o que faz com que o ferro nas hemácias seja diluído em maior quantidade. Por isso ele deve ser reposto”, diz a nutricionista funcional Karina Pimentel, da Les Cinq Gym, em São Paulo. Do contrário, você fica cansada com facilidade e não consegue aumentar o ritmo dos treinos. Queda de cabelo, unhas quebradiças e falhas de memória são outros sinais de que esse mineral está abaixo do normal. Vai malhar forte? Então coma mais carne magra, frango e peixe (fontes de ferro heme) e capriche nos vegetais, como lentilha, feijão, quinua, aveia e folhas verde-escuras (ferro não-heme). A nutricionista avisa: no almoço e no jantar, combine esses alimentos com fontes de vitamina C (laranja e limão), que aumentam a absorção do ferro, e evite os que inibem, como café, chá-verde, leite e derivados.

Publicidade