5 novidades de beleza de que você vai ouvir falar muito em 2016

Gosta de ficar por dentro das tendências? Separamos o que existe de mais moderno em estética no mundo e contamos os detalhes aqui

Se você não descuida da beleza e está sempre atenta às novidades que entram no mercado brasileiro, fique de olho nessas tendências selecionadas pela Dra. Denise Lage, dermatologista do corpo clínico do Hospital Albert Einstein (SP). São equipamentos e técnicas que você provavelmente vai ouvir muito sobre e poderá experimentar ainda esse ano:

1. Velashape 3
As fãs do Velashape, aparelho utilizado desde 2009, principalmente no tratamento da celulite, no combate da flacidez pós-parto e na redução da gordura abdominal, já tem uma novíssima versão, mais potente que as duas anteriores. O equipamento, que continua indolor e também combina as tecnologias infravermelho, radiofrequência, sistema de vácuo pulsado e manipulação mecânica, promete resultados em apenas três sessões. As versões anteriores pediam o dobro de sessões. Outra vantagem: mantém o organismo aquecido por mais tempo, potencializando o resultado do tratamento.  Para ser utilizado no Brasil, o Velashape 3 aguarda a liberação da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa). A previsão é de que isso ocorra no segundo semestre de 2016.

 2. Upgrade no vanquish
Criado em 2014 e utilizado no Brasil desde 2015, o sistema vanquish, conhecido por sua tecnologia que aquece os adipócitos (células de gordura), que causa a morte e eliminação deles, terá nova serventia.  Com as modernas ponteiras, que a Anvisa deve liberar para uso no Brasil no final de 2016, o sistema poderá ser usado nas costas, partes laterais, internas e posteriores de coxas. Até então, o tratamento é restrito ao abdômen. 

 3. Kybella
Trata-se de uma injeção de um derivado de desoxicolato, substância que quebra as células de gordura no queixo (eliminando o chamado queixo duplo), na papada e nas bolsas abaixo dos olhos. Isso possibilita que essa gordura seja escoada pelo sistema linfático e eliminada por meio da urina e fezes. Já aprovada pelo FDA, nos Estados Unidos, essa injeção da Allergan (mesmo fabricante do BOTOX) também aguarda liberação da Anvisa para ser comercializada e utilizada no Brasil.

4. Laser de Picoseconds
Muito falado no congresso Virgin Derm, realizado entre os dias 22 e 24 de janeiro nas Ilhas Virgens, esse tipo de laser remove tatuagens em apenas três sessões. A técnica já é utilizada nos Estados Unidos e deve ser liberada no Brasil ainda esse ano. É indolor e muito mais eficaz do que qualquer outra tecnologia com o mesmo objetivo. O disparo dura um bilionésimo de segundos, ou seja, é 100 vezes mais rápido do que os demais aparelhos, tornando-o um poderoso (e eficiente!) destruidor de pigmento.

5. Laser híbrido
Esse novo aparelho, indicado no tratamento de rugas, linhas profundas de expressão e cicatrizes, promete resultados iguais ou superiores ao CO2. A ótima notícia é que o downtime, período de recuperação da pele entre as sessões, é menor. Apenas três dias, acredita? Com o CO2, o período estipulado é entre sete e dez dias. Isso, certamente, faz com o período de tratamento também seja menor. Geralmente, os resultados aparecem após duas ou três sessões. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s