6 truques de profissionais para disfarçar o frizz do cabelo

Dormir com trança e ficar de olho no ph do condicionador são duas maneiras infalíveis de domar o arrepiado

Por Camila Neves (colaboradora) Atualizado em 9 jan 2018, 19h29 - Publicado em 1 dez 2017, 12h39

Manter o cabelo sem sinal de frizz é uma tarefa árdua. Especialmente agora, com a chegada do verão. Como ficam mais mais porosos devido ao aumento da temperatura, os fios tendem a arrepiar para valer! Nada que não tenha solução (ou disfarce dos bons): cabelo sem frizz é possível, sim! Coloque em prática nossas seis dicas e comprove:

1. Sempre tire o excesso de água

Nas férias, nada de ficar com o cabelo ensopado o dia inteiro. “Muita água aumenta a porosidade e a temperatura capilar, um convite à dermatite seborreica e ao enfraquecimento do fios, que passam a quebrar com maior facilidade”, explica o dermatologista Amilton Macedo, de São Paulo. Após um mergulho e outro, o segredo é retirar o excesso de umidade com a toalha e deixar que o vento dê conta do resto. Na hora de dormir, apele para o secador na temperatura baixa.

Leia também: Descubra qual tipo de franja combina com seu formato de rosto

2. Aposte nas tranças para dormir

O truque é da beauty artist Giovana Duval, de Porto Alegre. “Gosto de dormir com duas tranças firmes, uma de cada lado da cabeça. Faço nos fios secos, depois de aplicar silicone nas pontas. O cabelo acorda sem frizz e bem ajeitado”, conta a gaúcha, dona de uma das cabeleiras mais estonteantes do sul do Brasil.

View this post on Instagram

Seguindo o gancho dos Fall lips (pois batom marcante é uma das principais tendências do outono) Continuo amando matte, então garimpei na @naimies (aquela loja de make em Los Angeles que sempre coloco nos meus vídeos) esse batom líquido ultra matte bem baratex (menos de $5 dólares!!) Se for viajar, vale a pena ficar de olho nessa marca👉🏽 @lagirlcosmetics 〰 L.A Girl Flat Finish Pigment Gloss Matte cor Rebel

A post shared by Giovana Duval (@ggduval96) on

3. Troque a fronha de algodão 

A meta aqui é evitar o atrito, um dos principais causadores do frizz. “De maneira geral, o algodão costuma ser um tecido bem mais áspero do que a seda ou o cetim, de superfície mais lisa”, lembra Amilton Macedo. Logo, a fronha de seda é mais recomendada para quem tem tendência a fios descontrolados.

Veja aqui: Ingredientes naturais que fazem milagre pelo seu cabelo

4. Nunca, jamais, esfregue o comprimento do cabelo na lavagem

A equação é simples: quando você esfrega o cabelo, há maior possibilidade de atrito. “Os fios quebram e aumenta o frizz. Lavagem pesada, portanto, apenas no couro cabeludo, com movimentos circulares”, ensina o dermatologista. A espuma que escorre para o comprimento já é suficiente para garantir a limpeza.

Continua após a publicidade

5. Tenha um leave-in sempre em mãos

Nada mais eficaz para mascarar o arrepiado no ato! “Faço academia todos os dias, o que me obriga a lavá-lo sempre. Para disfarçar o arrepiado do cabelo fino, aplico leave-in da orelha para baixo; sinto que ele fica muito mais fácil de disciplinar!”, conta a relações públicas Stephanie Kopenhagen.

View this post on Instagram

nyc i ❤️ you… #batecabelolaces #lacestrip #nyc #williamsburg @lacesandhair

A post shared by Stephanie Kopenhagen (@tephy_k) on

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

6. Escolha o produto certo

Para começar, é obrigatório usar a fórmula exata para o seu tipo de cabelo. Aqui, a ordem dos fatores comprometem – e muito – o resultado final. O pré-xampu deve ser o primeiro a ser aplicado, com ph (definição que determina se um produto é ácido ou básico) em torno de 9. Xampu e máscara capilar vêm em seguida, com ph aproximado de 7 e 6, aproximadamente. A finalização fica por conta do condicionador. “Os melhores têm o ph mais baixo, em torno de 4, o que ajuda a fechar bem a cutícula e garante mais brilho e menos frizz”, indica o expert.

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade