Problemas com acne? Cientistas dizem que ela pode prevenir rugas

Sim, a ciência foi capaz de encontrar um lado positivo para esses probleminhas de pele. Aqui, a gente revela como!

Por Redação Boa Forma - Atualizado em 28 abr 2017, 18h53 - Publicado em 30 set 2016, 10h31

Se você fica chateada com as espinhas no seu rosto, nós temos uma boa notícia: a sua pele tem uma aparência mais jovem do que as as pessoas que não sofrem com o problema. Isso mesmo! De acordo com um estudo publicado no Journal of Investigative Dermatology, as células de quem tem pele com acne podem demorar mais para envelhecer.

Veja também: Acne depois dos 25 anos?

Pesquisadores da King’s College London, no Reino Unido, realizaram um estudo com 1.205 mulheres gêmeas, das quais cerca de 1/4 relataram ter sofrido com acne durante a vida. Em seguida, eles realizaram exames de sangue e analisaram as células brancas de cada participante.

Os autores do estudo descobriram que as pessoas que sofrem com o problema tinham telômeros mais longos (estrutura cromossômica que mantém a integridade do DNA, que naturalmente encurtam à medida que envelhecemos) do que as mulheres que nunca tiveram espinha. Eles descobriram também que o gene que regula a morte das células foi menos expressivo na pele de quem sofre ou sofreu com acne.

Vale ressaltar que o estudo foi feito com um número pequeno de voluntárias mulheres e, por isso, os resultados não podem ser aplicados a todos. Mas, oferece o lado positivo da acne!

Continua após a publicidade
Publicidade