Boa Beleza, por Larissa Serpa As novidades do universo de beleza (e algumas belas reflexões)

Boa Beleza (ou Boa, beleza…)

Apresentações e reflexões

Por Larissa Serpa Atualizado em 18 jun 2021, 13h44 - Publicado em 18 jun 2021, 17h00

Olá! Para quem não me conhece, eu sou a editora de Boa Forma (prazer!) e a ideia de começar uma coluna de beleza veio depois de uma reflexão com minha redatora-chefe Helena Galante: a gente precisa escrever sobre o que nos dá prazer.

Há quem ache que ser jornalista é apenas isso: escrever (e se essa é nossa paixão, como pode ser ruim, certo?) mas o dia a dia em uma redação vai muito além e, mesmo os 20% que envolvem realmente o texto, tem cobranças (SEO, pra quê te quero). Mas é preciso achar significado no que fazemos, nem que venha na forma de uma simples coluna para delirar um pouco sobre um mundo que tanto te interessa. E é por isso que, hoje, eu começo minha coluna aqui na Boa Forma, sobre o tema que eu escolhi, com o incentivo da Helena e para o desespero do nosso editor de arte Pedro Santana (pois minha estética de fotos pessoais, como vocês podem ver, consiste de desfoque e montagens toscas).

Com vocês, o Boa Beleza:

::::::::::

BOA, BELEZA…

Toda semana eu vou contar para vocês sobre coisas interessantes acontecendo no mundo da beleza (incluindo alguns lançamentos muito legais) ou fazer alguma reflexão sobre o universo e, hoje, a coluna vai ser no formato de reflexão (senta que lá vem textão textinho).

BAO BELEZA LARISSA SERPA

Ter uma coluna de beleza é algo que já havia sido oferecido para mim lá em 2013 quando eu comecei a trabalhar com jornalismo — e a oferta foi repetida por outras chefes incríveis que tive desde então, já que sempre foi algo que me interessou. Mas ter uma coluna implica em um problema muito sério para mim: colocar uma fotinho minúscula de perfil no canto.

Eu sempre tive problemas para tirar fotos — quando tinha 10 anos, me recortei de todas as fotos da família, o que me rendeu uma bela bronca e, na adolescência, era comum bater em amigos por tirarem fotos de mim. Parece extremo, eu sei, e eu me arrependia logo depois, mas era algo instintivo não deixar meu rosto ser registrado.

Com a pandemia e as milhões de chamadas em vídeo, seja com amigos ou no trabalho, muitas pessoas criaram uma visão distorcida de si mesmas, causando o aumento da procura em consultórios de cirurgia plástica, como Marcela de Mingo conta em matéria de Boa Forma. O efeito em mim foi o contrário: não que eu me adore no vídeo, mas ser forçada a mostrar meu rosto na câmera praticamente todos os dias há mais de um ano me ensinou que está tudo bem não estar belíssima 100% do tempo.

“Você não precisa amar sua aparência, se achar linda. Você só tem precisa entender que você não precisa ser linda. Nossa existência não pode se resumir a isso”

Não que eu já seja adepta a selfies, mas meu Instagram começou a ser alimentado com fotos pessoais — algo banal para a maioria mas muito difícil para mim e muitos outros.

Então meu conselho pra você que passa pela mesma coisa é esse: você não precisa amar sua aparência, se achar linda. Você só precisa entender que você não precisa ser linda. Nossa existência não pode se resumir a isso.

::::::::::

HITS DA SEMANA

Os lançamentos do mundo da beleza que amei nos últimos dias

Continua após a publicidade

1. My Way, Giorgio Armani

A fragrância é um convite para ampliar os seus horizontes e viver experiências marcantes ao redor do mundo. Um bouquet de flores brancas frescas, encapsulado num frasco talismã. My Way é uma declaração forte e única, que comunica o compromisso de seguirmos o nosso próprio caminho: eu sou o que vivo. Notas de Tangerina verde, Flor de laranjeira, Jasmim, Baunilha de Madagascar e Musk branco.

2. The Slim, YSL Beauty

O primeiro batom de slim com acabamento fosco da YSL com um marcador quadrado exclusivo para precisão máxima. Este batom combina uma cor intensa altamente pigmentada com cobertura total para fornecer um acabamento fosco de longa duração. O inovador marcador quadrado permite fácil aplicação, com suas pontas ajudando a modelar o lábio sem esforço, sem a necessidade de um delineador adicional. Tem acabamento em couro fosco e cobertura total.

3. Libre, YSL Beauty

Libre significa livre. É uma celebração da liberdade: uma fragrância para quem faz o que quer e ousa ser exatamente quem é. A garrafa é uma declaração de alta costura com uma tampa assimétrica preta como um vestido sexy, correntes de ouro em volta do pescoço que lembram os icônicos sacos YSL it, complementados com o atemporal logotipo Yves Saint Laurent. Combina a Essência de Lavanda da França com a sensualidade da Flor de Laranjeira Marroquina, para uma fusão floral única complementada por uma nota ousada do Acordo de Almíscar. 

4. Revox, Dermage

O Gel Creme Anti rugas Revox Intense combate as rugas e potencializa a ação dos tratamentos com toxina botulínica. Sem injeções ou procedimentos invasivos, Revox Intense modula a força das contrações musculares e reduz a formação de novas rugas e linhas de expressão, deixando-as menos proeminentes.Também potencializa tratamentos com toxina botulínica.

5. Hidradeep, Profuse

Uma linha completa (há ainda gel de banho, hidratante labial e diversas outras versões de hidratante para rosto e corpo) que proporciona hidratação profunda e combate ao ressecamento, além de fortalecer as barreiras naturais da pele extrasseca e ressecada (como a minha). Não possui fragrância, não comedogênico e não acnegênico. Dermatologica e pediatricamente testado. 

6. Neutrogena Facecare Intensive

Indicados para todos os tipos de pele e com textura ultraleve oil free, a linha combina sensorial único com ativos poderosos: Vitamina C, Niacinamida e Colágeno para os cremes Antissinais FPS 22 e Reparador; e D-Pantenol, Glicerina e Arginina para o Hidratante Matte 3 em 1. “Nossas inovações são sempre baseadas em alta tecnologia e muita pesquisa. O objetivo era entrar no segmento anti-idade e fortalecer nossas linhas de hidratantes com produtos que atendessem aos anseios e expectativas dos brasileiros, que buscam uma performance eficaz com excelente sensorial a um preço acessível”, diz Cynthia Marin, Grouper de Marketing para as marcas de cuidado com a pele da Jonhson & Jonhson Consumer Health.

7. Micro Milk Peel, Ellementti

Essa loção bifásica é um peeling  químico suave com a ação do Ácido Lático. Com alto poder umectante, ele soma-se ao Ácido Hialurônico para manter a hidratação da pele enquanto promove a renovação celular. O destaque da fórmula é o Phycosaccharide AP que, com ação antipoluente e de-poluente, elimina as micropartículas PM 2.5 (fuligem e outros compostos químicos). Dessa forma, desenvolve um filme protetor na superfície da pele, que impede a aderência dessas partículas ao longo do dia, preservando a sua vitalidade.

8. Cleanance Intense, Avène

Elaborado com ativos inovadores, totalmente focado nas necessidades das brasileiras, Cleanance Intense reduz a acne sem efeito rebote e possui ação antioleosidade prolongada. Sua fórmula exclusiva contém ácidos lático e succínico, que limpam a pele sem ressecar e inibem o desenvolvimento da bactéria causadora da acne, respectivamente. Além de contar com o P Refynil, que mantém a aparência mais uniforme, amenizando os poros dilatados e suavizando a textura da face. Com resultados a partir de 7 dias, Cleanance Intense reduz a acne em 86% e os poros em 83%. De acordo com Ana Coutinho, dermatologista e diretora médica do Grupo Pierre Fabre, a recomendação é usá-lo de manhã e/ou à noite.

Continua após a publicidade

Publicidade