Whole 30: 4 pontos de atenção para quem quer aderir à dieta do momento

Mais que um programa de emagrecimento que restringe pão, doce, grãos (e otras cositas más). A Whole30, dieta que é o novo best-seller nos EUA, propõe um desafio de 30 dias para você descobrir quais são os alimentos que definitivamente combinam (e aqueles que não!) com seu organismo. Dá para emagrecer até 6 quilos – e não voltar a engordar mais!

1. Me engana que eu gosto
Esqueça o cupcake low carb e o muffin fit. Para que o vício em açúcar possa ser vencido, o Whole30 recomenda que você consuma os alimentos na sua forma natural. Então, no lugar de uma panqueca feita com ovo e banana, coma o ovo mexido e a banana para reeducar seu cérebro (em vez de enganá-lo) a ficar sem as preparações doces. Só assim as mudanças no padrão alimentar acontecem!

2. Atenção, vegetarianas!
O Whole30 recomenda um menu com alto teor de proteínas e, por isso, é difícil de ser seguido por quem não consome nada de origem animal. Nesse caso, o programa autoriza as opções à base de soja orgânica e os suplementos de proteína vegetal. Os autores avisam: consumir outros grãos (quinua, por exemplo) altera o resultado do método. Mas nem por isso as vegetarianas deixam de obter benefícios.

Whole 30: a dieta que é sucesso nos EUA muda seus hábitos em 30 dias

3. Comida no freezer
Ficar sem chocolate e pizza nem é tão complicado. O maior desafio para quem começa o programa é cozinhar uma boa parte da comida. Afinal, você não pode pegar um sanduíche no caminho de casa ou apelar para um delivery de comida chinesa quando sentir fome. Por isso, os criadores do Whole30 recomendam um bom planejamento: faça as compras no supermercado no fim de semana e deixe algumas refeições prontas no freezer. Também tenha sempre uma reserva de produtos (ovo e atum, por exemplo) que possam ser facilmente transformados em uma salada completa ou numa omelete.

Jéssica faz uma observação importante: “Com a retirada de tantos itens cotidianos, é necessário que novos alimentos (permitidos na dieta, claro) sejam introduzidos”. Vai sair com os amigos? Ótimo! Consulte o cardápio online para ver se existem opções para você. Pergunte ao garçom se podem ser feitas substituições (trocar o arroz por legumes, por exemplo). No barzinho, peça água com gás e limão para não ficar só na água enquanto seus amigos pedem drinques. Mas mantenha a vida social durante a dieta!

4. Pegue leve no treino
Durante a dieta, você vai consumir só os carboidratos presentes nas raízes (batata-doce, mandioca) e nos legumes. Por isso é prevista uma queda na performance. “Isso acontece apenas na primeira semana, quando o corpo ainda está se acostumando com os recursos fornecidos pela nova alimentação – muito bem servida de proteínas e goruras boas”, explica Melissa. Não espere bater nenhum recorde na corrida ou no crossfit. “Mas, geralmente, no meio da segunda semana, a energia dispara e o desempenho e a recuperação melhoram.”

Veja também: treino poderoso de 20 minutos – seca as gordurinhas e pode ser feito em casa

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s