O “antes e depois” do cão Bolinha

O vira-lata de 13 anos, “mascote” de uma lanchonete de um posto de gasolina, ficou obeso por comer os restos de comida deixados pelos frequentadores do local. Após ser resgatado e passar por um tratamento, Bolinha já eliminou mais de 14 quilos

Por Mariana Amorim (colaboradora) Atualizado em 28 out 2016, 22h51 - Publicado em 19 ago 2015, 10h17

Histórias de superação são sempre bem-vindas! E a do vira-lata Bolinha não poderia ser diferente. Abandonado ainda filhote em um posto de gasolina na rodovia BR-364, no Mato Grosso, o mascote, além de sobreviver em condições precárias, cresceu comendo restos de lanches deixados por frequentadores de uma lanchonete do local. Essa rotina nada saudável fez com que Bolinha se tornasse obeso. Na época, com 36,5 quilos, o cãozinho tinha dificuldades para andar e respirar, e também não conseguia se deitar direito.

Mas essa realidade triste teve fim em fevereiro de 2015, quando Bolinha foi resgatado por Roger Oliveira e levado à Ong de Proteção Animal OPA/MT. Atualmente, ele pesa 22,3 quilos. Mas seus cuidadores alertam que ainda faltam 7 quilos para o encerramento do tratamento, que inclui caminhadas na esteira aquática, exames periódicos e ração especial para cães obesos, além de ter que passar por uma cirurgia para a remoção de excesso de pele.

Você e seu pet estão fora de forma? Quer se inspirar na história de Bolinha e sair por aí para uma caminhadinha? Confira o processo de transformação do nosso novo herói: 

Reprodução Facebook/ PamPet
Reprodução Facebook/ PamPet

Reprodução Facebook/ PamPet
Reprodução Facebook/ PamPet

Reprodução Facebook/ PamPet
Reprodução Facebook/ PamPet

Continua após a publicidade

Publicidade