Respeite o relógio biológico e faça a academia render mais

Confira os prós de cada período do dia para malhar e escolha o melhor horário para seu corpo

Por Christina Biltoveni (colaboradora) Atualizado em 22 out 2016, 19h00 - Publicado em 5 abr 2011, 22h00

Você gosta de pular da cama cedo ou é daquelas que funciona melhor à noite? Respeitar o seu relógio biológico é importante no momento de escolher o melhor horário para malhar. Veja os prós de cada período e o que fazer para o seu treino render mais:

Manhã: a postos logo cedo
Malhar cedinho é ideal para emagrecer. “Quando você acorda, a taxa de glicose é baixa, porque está há várias horas sem comer. Ao fazer exercício, o organismo esgota rapidamente essa reserva e vai tirar energia da gordura”, explica o fisiologista Claudio Pavanelli, do Clube Atlético Mineiro. Para isso, tome um suco ou coma uma fruta antes e deixe o café da manhã para depois.

Almoço: pausa no trabalho
O bom de fazer ginástica nesse horário é que você fica mais disposta para enfrentar as tarefas da tarde. “A endorfina liberada durante a atividade garante o pique”, diz Pavanelli. No entanto, nada de treinar de estômago vazio: coma uma fruta antes e almoce depois.

Noite: gás no fim do dia
Exercitar-se à noite alivia a tensão. Porém, por mais que você se programe, o organismo entra em baixa no fim do dia. Em torno das 18h30, a temperatura corporal cai e o nível de melatonina (hormônio que induz o sono) aumenta. “Por isso, comece devagar até que a sua temperatura normalize”, completa Pavanelli.

 

Continua após a publicidade
Publicidade