Mitos x verdades do cabelo de verão para esclarecer desde já

Dermatologista desmistifica crenças em relação à saúde dos fios que costumam aparecer quando a temperatura começa a se elevar

Ficar muito tempo com o cabelo preso faz mal aos fios?

O coque e o rabo de cavalo, dois ícones entre os penteados de verão, dão uma baita ajuda para aplacar o calor, mas também podem prejudicar seu cabelo se não forem adotados com moderação. Quem o amarra com muita frequência, por um período muito longo e com muita força, puxando demais os fios para trás, por exemplo, pode levar o folículo capilar ao desprendimento da raiz – a situação é ainda pior quando as madeixas estão molhadas. “Esse efeito é chamado de queda por tração (ou alopecia de tração) e caracteriza-se por um tipo de queda localizada devido à tensão provocada de forma contínua em uma única região”, explica a dermatologista Denise Steiner, coordenadora científica da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Membro da Academia Americana de Dermatologia, de São Paulo. A saída é diminuir o intervalo em que os fios ficam presos e amarrá-los apenas secos e de forma mais frouxa. Voltou de um mergulho no mar ou na piscina? Enxágue o cabelo com água doce e deixe secar naturalmente por um tempo.

Leia mais: 10 coisas que você pode estar fazendo com o seu cabelo e nem sabia

O suor é um vilão?

Qualquer atividade no verão já faz a gente suar em dobro (ou triplo!) e, apesar de você não perceber, seu couro cabeludo também fica com muito mais umidade do que o normal. “O suor é um mecanismo natural do corpo que regula a temperatura corporal. Quando em excesso no couro cabeludo, ele pode ressecar os fios e piorar casos de dermatite, caspa e oleosidade excessiva, além de provocar mau cheiro, já que a proliferação de fungos é maior em ambientes quentes e úmidos”, diz a dermatologista. Para se manter livre dessa lista de incômodos, evite passar muito tempo com chapéus ou bonés e invista em lavagens mais frequentes (pelo menos uma vez ao dia, se você transpira bastante).

O stress do final de ano pode causar problemas ao cabelo?

Sim! Prazos apertados no trabalho, convites para festas de confraternização chegando sem parar, clima natalino… Quando o final de ano se aproxima, é normal ficar com a cabeça a mil. O problema: quando o organismo recebe uma alta carga de stress (em períodos de ansiedade, raiva ou tristeza), o corpo precisa de energia para reforçar a imunidade e defender o organismo como um todo. “Há uma mensagem interna para que o cabelo diminua o gasto de energia com a divisão celular da fase de crescimento (anágena) e entre imediatamente na fase de repouso (telógena), causando a queda”, fala Denise. Solução? Se a agenda está cheia demais para conseguir marcar uma massagem ou liberar a energia acumulada na academia numa frequência maior, separe alguns minutinhos por dia para respirar profundamente. Para tratar a queda, procure um médico dermatologista.

Veja também: 13 soluções para o cabelo sobreviver ao verão

Cabelos caem mais no verão?

Isso é um mito! “O clima e a estação do ano não têm o poder de fazer os fios caírem.” Segundo a dermatologista, fatores externos como temperatura e umidade do ar podem até interferir na velocidade de crescimento dos fios, fazendo com que eles nasçam mais rápidos ou mais devagar, mas essa interferência não chega a ser significativa. “O que acontece é que, no verão, por conta da maior incidência de sol e maior contato com o cloro da piscina, é comum os fios ficarem mais ressecados e se quebrarem, partindo-se ao meio – mas não descolando da raiz.”

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s