Como o sorvete vai salvar o verão na Terra

Brasil é um dos maiores consumidores da sobremesa no mundo; opção à base de plantas reduz o impacto ambiental da produção e oferece sabores ainda melhores

Por Abril Branded Content Atualizado em 7 fev 2022, 11h47 - Publicado em 7 fev 2022, 15h00

O Brasil é um dos dez maiores mercados de sorvete do mundo. Todos os anos, os brasileiros consomem cerca de 1.2 bilhão de kg da sobremesa (5,5 kg por pessoa).  Essa paixão nacional, no entanto, enquanto conforta nossas emoções em momentos de tristeza e refresca nosso corpo nos dias quentes, ao mesmo tempo coloca em risco o melhor verão do universo: o nosso. 

O impacto ambiental para a produção do sorvete, desde a criação das vaca até a extração do leite, processamento e armazenamento e produção das receitas, é enorme: para cada litro de sorvete, é preciso, pelo menos, o dobro de leite. Ou seja: a cadeia do agronegócio para colocar um pouco de frescor e doçura no nosso dia a dia é responsável também pelo impacto climático no mundo – neste ano já deu para perceber que o verão está bem diferente.

Sendo assim, para preservar essa combinação perfeita (sorvete e verão), a NotCo, foodtech global de alimentação plant-based, trouxe para as geladeiras de todo o Brasil a nova linha NotIceCream, o não-sorvete 100% à base de plantas feito com uma produção que exige 77% menos energia, 94% menos água e emite 77% menos CO2 que a receita tradicional, além de, obviamente, eliminar do processo toda o impacto do uso do leite.

A delícia chega ao mercado em embalagens de papel reciclável em dois tamanhos (473 ml e 100 ml) e com a maior variedade de sabores do segmento: chocolate; morango com creme de avelã; doce de leite; café com cacau; baunilha crocante e caramelo salgado. O objetivo da marca ao criar sabores que estimulam o consumo sem culpa é justamente mostrar que, para salvar o planeta, não é preciso abrir mão de sabor e muito menos deixar de se esbaldar.

Pessoas curtindo o verão enquanto tomam NotIceCream
Nova linha com a maior variedade de sabores do segmento: chocolate; morango com creme de avelã; doce de leite; café com cacau; baunilha crocante e caramelo salgado NotCo/Divulgação

Boca cheia de tendências

De acordo com dados do The Good Food Institute, metade dos brasileiros reduziu o consumo de carne nos últimos 12 meses. A mesma pesquisa aponta que 39% das pessoas já consumiram produtos vegetais em substituição aos de origem animal. Na categoria sorvetes, 42% dos brasileiros já conhecem opções à base de plantas, mas só 15% já provaram essas delícias. Porém, dos que já saborearam essa revolução, 90% afirmam que continuarão consumindo a opção com menor impacto e mais sabor.

O sabor da tecnologiaO segredo por trás do NotIceCream é a Inteligência Artificial Giuseppe. O algoritmo proprietário da NotCo estuda diariamente combinações infinitas de ingredientes plant-based que podem replicar o sabor de produtos de origem animal e tornar a sobremesa, além de saborosa, sustentável. 

Continua após a publicidade

A tecnologia da NotCo envolve a formulação de receitas e estudos sensoriais sobre os alimentos, com uma operação apoiada por uma equipe de chefs e pesquisadores que, neste caso, conseguem substituir o leite, principalmente, por ingredientes à base de plantas com baixo impacto na produção e manipulação. A NotCo busca constantemente aprimorar a composição por acreditar na diversidade dos ingredientes.

Mulher em boia enquanto toma NotIceCream
Tendência: 42% dos brasileiros já conhecem opções de sorvete à base de plantas e 15% já provaram essas delícias NotCo/Divulgação

Topa salvar o verão da Terra? Afinal, é o melhor verão do Universo!

Siga o perfil @notcobr, no Instagram, para fazer parte da revolução da alimentação no Brasil.

Sobre a NotCo

A NotCo é uma empresa líder em tecnologia de alimentos, está em constante mudança e rápido crescimento, sendo a única empresa global que lidera as revoluções em segmentos de alimentos e bebidas. A NotCo lançou produtos incluindo NotMilk™, NotBurger™, NotChiken™, NotMeat™, NotIceCream™ e NotMayo™ nos EUA, Brasil, Canadá, Argentina, Chile, México e Colômbia. Em menos de três anos, tornou-se a foodtech de crescimento mais rápido na América Latina. A NotCo utiliza uma tecnologia de inteligência artificial proprietária, o Giuseppe, que estuda as proteínas animais e identifica substitutos ideais entre milhares de ingredientes vegetais. Com o tempo, sua tecnologia única permitirá que a NotCo seja uma ferramenta de força para a inovação em alimentos e bebidas, fazendo parceria com outras empresas para acelerar a transformação da indústria de alimentos. Para obter mais informações, visite www.notco.com e loja.notco.com 

 

Continua após a publicidade

Publicidade