Continua após publicidade

Mega hair para iniciantes: um guia com tudo que você precisa saber

O sonho dos cabelos compridos pode estar virando a esquina, mas é preciso entender os cuidados antes. A gente te ajuda!

Por Larissa Serpa
8 jul 2024, 08h00

Não importa a tendência do momento. A opinião da brasileira quando se trata de cabelos é praticamente unânime: queremos os fios compridos. Mas, visto que nem todas conseguem atingir o sonho dos cabelos de Rapunzel naturais em tão pouco tempo, o uso de mega hair (ou “extensões capilares”) ainda está em alta.

O tema é vasto e complexo. Há uma variedade de tipos diferentes de extensões de cabelo — as trançadas à mão, com microlinks, de fita adesiva, com grampo… Para citar apenas alguns — e cada tipo tem sua própria lista de vantagens e desvantagens.

Com um investimento financeiro alto, é claro que você também vai querer saber como cuidar adequadamente de seu mega hair e quanto tempo ele dura.

Mas calma, nós estamos aqui para você! Continue lendo para entender tudo o que você precisa saber para que possa encontrar as melhores extensões de cabelo para suas necessidades.

Tipos de mega hair

Antes de entrarmos nos diferentes tipos de aplicação, vamos examinar as duas categorias principais de mega hair: extensões de cabelo humano real e extensões de cabelo sintético.

As extensões de cabelo humano são exatamente o que o nome diz: feitas de cabelo humano real de cima a baixo, coletadas de um doador. As sintéticas, por outro lado, são feitas de várias fibras artificiais misturadas. Geralmente são fibras plásticas muito finas, fabricadas para imitar o cabelo humano real.

Continua após a publicidade

Agora, vamos detalhar os tipos mais comuns de aplicação de mega hair:

Mega hair de grampo

View this post on Instagram

A post shared by KnappyHair by Keandra Janelle (@knappyhair)

Os grampos são talvez a maneira mais fácil e rápida de adicionar comprimento, espessura e volume ao cabelo, e uma das melhores coisas sobre eles é que você nem precisa consultar um profissional para instalá-los.

Esses tipos de extensões prendem-se ao seu cabelo e são úteis quando você deseja mudar seu cabelo para um evento ou ocorrência específica e não quer se comprometer com algo mais permanente. (Normalmente, você os retira depois de um dia, mas pode continuar a reutilizá-los por muito tempo depois disso.) Hoje em dia, os clipes vêm em todos os tipos de comprimentos, texturas e cores, e geralmente você pode comprá-los em pacotes. Para uma opção aprovada pelo editor, leia nossa análise completa das extensões de cabelo Bellami; a marca tem muitas opções de extensões de cabelo de trama.

Mega hair de fita adesiva

View this post on Instagram

A post shared by Extensionaire Luxury Hair Extensions (@extensionaire)

Continua após a publicidade

Os tape-ins são considerados extensões semipermanentes: eles são semelhantes aos grampos, exceto que podem durar mais por serem colados no cabelo de forma semi-permanente.

Os tape-ins são aplicados por um profissional e podem durar dois meses antes de precisarem de manutenção. Com esse método, o cabelo também é reutilizável, já que é só colar a mesma extensão mais para perto da raiz depois de um tempo. Assim, o gasto com novas madeixas é menor, precisando pagar apenas pela manutenção.

Mega hair de microlink

View this post on Instagram

A post shared by Microlinks | TapeIns | ClipIns (@perfectdistractionhairgallery)

Microlinks – também chamados de microrings ou microesferas – são uma opção alternativa popular para adicionar as extensões. Normalmente são presos a mechas finas de cabelo por meio de pequenos tubos ou anéis e são considerados mais seguros do que outros tipos de extensões porque não danificam o fio e o couro cabeludo. Também não requerem o uso de cola ou adesivo, o que os torna bem menos perceptíveis no cabelo.

Uma desvantagem é que “instalar” uma extensão de cabelo microlink pode levar de uma a cinco horas, mas pode durar de dois a três meses.

Continua após a publicidade

Mega hair de entrelace/Lace

View this post on Instagram

A post shared by Jai Nicole (@itsjainicole)

Também chamada de lace, essa opção é um processo que requer um pouco mais de mão de obra. Geralmente são instaladas por um cabeleireiro que trança o cabelo em um padrão específico — conhecido como colmeia ou trancinhas retas — antes de costurar feixes de cabelo ao original. Isso geralmente pode levar de duas a seis horas, dependendo de quantos pacotes que você está instalando (dois ou três é uma boa quantidade) e quão rápido seu cabeleireiro é.

As tramas podem durar de seis a 10 semanas, embora seja importante que as pessoas que as usam também se certifiquem de que ainda cuidam regularmente dos cabelos que estão sob a trama.

Mega hair colado com queratina

View this post on Instagram

A post shared by Great Lengths Hair Extensions (@greatlengthsusa)

As extensões de queratina também são conhecidas como extensões k-tip. As ligações são fundidas ao cabelo usando queratina e uma pistola de ar quente. Esse processo pode levar algumas horas para ser concluído pois, assim como os microlinks, cada extensão é conectada a mechas do seu cabelo natural individualmente até que o look desejado seja alcançado. Não são permanentes, mas duram até quatro ou cinco meses, dependendo da manutenção pessoal.

Continua após a publicidade

Mega hair de UV/LED

View this post on Instagram

A post shared by Alpha Hair Extension®️ (@alphahairextension_delia)

Extensões de cabelo LED ou UV são apontadas como a técnica de extensão mais perfeita até hoje. Para conseguir o look, fios únicos de cabelo serão colados às mechas naturais, usando uma cola especial que será curada com luz ultravioleta para manter tudo no lugar. A duração do processo depende do tamanho da área com a qual você está trabalhando, e os resultados duram cerca de seis semanas. O custo geralmente é bastante elevado — mais de R$ 5mil.

Como cuidar do seu mega hair

O seu mega hair, assim como seu cabelo, exige cuidados especiais. Quanto melhor você cuidar dele, mais ele vai durar. Raquel Souza, especialista em extensões capilares, compartilha dicas valiosas para cuidar do seu mega hair e garantir que ele permaneça sempre exuberante.

1

Higienização adequada: Lave os cabelos com cuidado e frequência adequada. Utilize shampoos e condicionadores indicados para cabelos com mega hair, que não contenham sulfatos e parabenos. Lembre-se de enxaguar bem para evitar o acúmulo de resíduos nos pontos de aplicação. A, e extensões não sintéticas podem e devem ser lavadas também.

Continua após a publicidade
2

Escovação suave: Use uma escova de cerdas macias ou um pente de dentes largos para desembaraçar o mega hair, começando pelas pontas e avançando em direção à raiz. Evite puxar com força, pois isso pode danificar as extensões e enfraquecer o cabelo natural.

3

Evite calor excessivo: O uso frequente de ferramentas de calor, como secadores, chapinhas e babyliss, pode danificar as extensões e enfraquecer os fios naturais. Caso precise utilizar esses aparelhos, aplique um protetor térmico antes e ajuste a temperatura para o nível mais baixo possível.

4

Durma com cuidado: Antes de dormir, prenda os cabelos em uma trança solta ou coque baixo para evitar emaranhados durante a noite. Use uma fronha de cetim ou seda para reduzir o atrito e a quebra dos fios.

5

Cuidado ao nadar: Se for nadar em piscinas com cloro ou em água salgada, proteja os cabelos usando uma touca. O cloro e o sal podem causar danos às extensões, tornando-os secos e quebradiços.

6

Evite produtos com álcool: Produtos para cabelos que contenham álcool em sua fórmula podem ressecar as extensões e deixá-las sem brilho. Prefira produtos hidratantes e sem álcool.

7

Considere mudar o corte: O corte de cabelo que você usa é importante. As extensões são capazes de adicionar volume e comprimento ao seu estilo existente, mas para que o resultado final pareça perfeito, você deve evitar cortes de cabelo sem camadas.

Publicidade