Skincare do vitiligo: os cuidados são um pouco diferentes

Dermatologista dá cinco dicas certeiras para a hora do autocuidado

Por Jéssica Leiras Atualizado em 31 Maio 2022, 13h15 - Publicado em 14 jun 2022, 10h12

Muito se fala sobre vitiligo, mas pouco se diz sobre os cuidados de skincare que essa pele deve ter. Afinal, nada mais democrático do que beleza para todas. Pensando nisso, a dermatologista Daniela Antelo, do Centro de Tratamento do Vitiligo, deu o passo a passo para não errar na hora do seu ritual de embelezamento.

Quer saber como? Confira a seguir:

1 – Sabonete

A escolha do sabonete é primordial e as orientações serão as mesmas dos outros tipos de pele e vai de acordo com o seu grau de sensibilidade e oleosidade da sua. Ácido glicólico, salicílico e enxofre são os principais ativos presentes que controlam a oleosidade.

2 – Esfoliação

Não se deve esfoliar e nem fazer peelings, pois a integridade da pele é importante. O trauma pode piorar o vitiligo. Também não é recomendado usar agentes clareadores.

3 – Hidratação

Continua após a publicidade

Hidrate a pele, ao menos, duas vezes ao dia com um creme orientado pelo seu dermatologista. Com o clima mais frio que se aproxima, é importante assegurar a hidratação com ativos como dexpantenol, uréia, ceramidas e glicerina. Isso vale tanto para o rosto, como para o corpo.

4 – Filtro solar

O filtro deve ser usado diariamente e, em caso de exposição solar, de hora em hora. Os filtros com base são excelentes opções, pois, além de camuflar, se desejado, protegem da luz visível.

Se as manchas são extensas, há chance de queimadura pois a pele se comporta como se fosse bem branquinha. Além do uso do filtro, é importante evitar os horários de maior intensidade da radiação, entre 10h e 14h da tarde, e utilizar roupas com FPU 50.

“Não significa que o paciente com vitiligo tenha que se tornar vampiro, ele pode ter uma rotina de lazer ao ar livre, desde que mantenha todos os cuidados”, sinaliza Daniela.

5 – Maquiagem

Na hora da make, use e abuse do que faz você se sentir bem. Elas estão super liberadas. Mas fique sempre atenta à validade dos produtos e a limpeza dos pincéis.

Uma dica é apostar nos dermocosméticos, que são produtos destinados aos cuidados com a pele e têm ativos e substâncias que podem ser usadas para diferentes funções, como anti-idade, redução de flacidez, manchas na pele e cicatrizes de acne. Mas, antes, não deixe de consultar o seu dermatologista para saber se esse ativo é indicado para o seu tipo de pele.

Continua após a publicidade

Publicidade