BOA FORMA responde Das perguntas mais simples até as mais difíceis sobre como viver bem: pode mandar para a redação da BOA FORMA que vamos atrás dos melhores especialistas para responder

Como a pandemia afeta os atletas de alto rendimento?

Por Amanda Panteri Atualizado em 16 abr 2021, 13h47 - Publicado em 21 abr 2021, 10h00

A pandemia de Covid-19 mudou muita coisa. Para os atletas, ela significou a interrupção dos treinos e competições por meses (e até um ano!). Para você ter uma ideia, o futebol teve 15 campeonatos estaduais de futebol interrompidos, sendo 10 pausados e 5 que sequer tiveram início em 2021. Todas essas pausas geram uma dúvida: quais os efeitos da interrupção nos treinos para atletas?

O ortopedista especialista em joelho e médico do esporte Pedro Baches Jorge, da @clinicasouortopedia, explica que essas pausas afetam principalmente o condicionamento físico. “O atleta que está no auge, ou próximo dele, deixa de estar, tendo diminuição da performance normal. E essa perda no desempenho pode levar a um maior número de lesões, principalmente se não houver cuidado com o retorno gradativo”. O médico diz também que é possível o surgimento de dores crônicas. “Uma dor, que antes não existia, pode aparecer”.

De acordo com o especialista, a volta precisa ser gradativa, planejada e montada de acordo com o nível mais baixo de condicionamento que o atleta atingiu. É importante que atletas, profissionais ou não, mantenham-se ativos para que essa perda no condicionamento seja menor. “Quem puder, vale continuar em movimento. Seja em casa, na piscina do prédio, correndo em volta do quarteirão ou em momentos mais vazios da rua”, finaliza o médico.

Publicidade