Luiza Possi eliminou 17kg com dieta sem glúten e leite de vaca

A cantora enxugou as medidas e está exibindo uma barriguinha de dar inveja - vem conferir!

A pergunta é uma só: de onde surgiu esta barriga? Luiza garante que sempre teve o abdômen bem durinho por causa da dança. “Só faltava tirar a gordurinha de cima para os músculos aparecerem”, brinca. A cantora reinventou o cardápio – sem glúten e leite de vaca – e conseguiu eliminar 17 quilos. Aos 31 anos, não faltam frutas, academia e muita animação na sua rotina. 


Sem sofrimento 

“De manhã, tenho mais energia para malhar. Acordo às 9 horas, faço uma hora de musculação e depois corro para o trabalho.” 

 

“Tenho um treininho especial para quando viajo, mas prefiro aproveitar o local em que estou e me aventurar no SUP e na corrida na praia.”

View this post on Instagram

Eu & o Rio Negro❤️

A post shared by Luiza Possi 🅰️+ (@luizapossi) on

 

“Às vezes, pratico boxe como aeróbico, já que meu médico me proibiu de correr porque perdi massa magra nos últimos meses.” 

 

 

Escolhas certas 

 

“De manhã, como mamão, banana, linhaça e chia com mel e limão por cima. E bebo dois copos de leite de arroz com café.” 

“Sou a mulher polvilho. No meu camarim, sempre tem sacos e mais sacos de biscoito e patê de atum ou frango. É o que levo na bolsa.”

“É fácil, fácil fazer esses enroladinhos. Primeiro, corto as berinjelas e as abobrinhas em lâminas e coloco na grelha. Depois, recheio com cottage sem lactose, tomate seco e, às vezes, sardela. Em seguida, enrolo e coloco molho de tomate por cima. Ponho tudo no forno por 20 minutos e é só mangiare!”


Quebra de cardápio 

“Meu ponto fraco é x-bacon e maionese. Mas, às vezes, vou a uma hamburgueria e acabo pedindo salada e omelete.” 

https://www.instagram.com/p/vB8BcKStBh/

Descanso e Rock´n Roll

“Adoro tomar sol. Cresci em São Paulo, mas vou muito ao Rio porque minha família paterna e meu namorado ainda moram lá.” 
 

 

“Costumo descer do palco para ficar junto com o público. Cada show é único e gosto que eles participem. É uma troca.” 

 

 

“Meu dia é muito agitado e, às 10 da noite, já estou mortinha em casa. Essa é a melhor hora para compor. No silêncio.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s