Priscila Conte Vieira: a psicóloga especialista em psicologia positiva é a nova colunista da BOA FORMA Terapia e felicidade, com Priscila Conte Vieira A psicóloga Priscila Conte Vieira (CRP 08/30418), especialista em psicologia positiva, auxilia você a ter uma vida mais leve e mais feliz!

A vida real pode ser ainda melhor que os contos de fadas

Com certeza você já ouviu o famoso "e foram felizes para sempre", mas você quer esperar o fim da sua vida para ser considerada feliz?!

Por Priscila Conte Vieira Atualizado em 27 ago 2021, 14h51 - Publicado em 28 ago 2021, 09h00

Eu sempre amei os filmes românticos, as princesas da Disney e todos os contos de fadas. Mas também me via refém dessa felicidade irreal, do romance exagerado e acabava querendo viver algo que não existia de verdade. Foi quando parei de pensar nisso e comecei a viver a minha própria vida, que descobri que ela é ainda melhor do que nessas histórias!

Mas não me leve a mal, minha vida não é de outro mundo, é apenas a forma como escolho vê-la e que me permito admirá-la, que a torna tão especial e fantástica, fatores esses que você também pode implementar na sua.

Com certeza você já ouviu o famoso “e foram felizes para sempre” ao final de um filme ou livro, porém, quero trazer aqui uma reflexão para você: você quer esperar o fim da sua vida para ser considerada feliz para sempre?! Ou quer ter que cumprir o que os outros desejam para você, para assim ser feliz? Olha, eu não quero que um narrador olhe para minha vida e diga “agora ela pode ser feliz”, eu quero eu mesma acordar todos os dias e escolher ser feliz!!

A felicidade não deve ser romantizada, ela deve ser real, vivida, implementada nos nossos dias e rotinas! A felicidade é subjetiva, não temos como prever que com o mesmo acontecimento, todas as pessoas ficarão contentes. Na verdade o que pode ser sonho para uns, pode ser pesadelo para outros.

Pare e pense: se você fosse criar um filme ou escrever um livro da sua vida hoje, o que ia querer colocar ali, para contar a história?! Temos que pensar que nenhuma história que nos é contada é 100% fidedigna, afinal, muitas coisas ficam de fora, pois suponho que ninguém tem interesse em ler um livro sobre as monotonias da vida adulta, ver um filme só sobre discussões de relacionamento ou contar para o filho a noite uma história de uma pessoa que detesta sua profissão mas que continua pois tem contas para pagar, não é mesmo?!

E não há nada de errado em deixar algumas partes de escanteio, desde que você possa se recordar que tem várias partes da vida que ninguém mostra. Além dessas partes mais normais que acabam ficando de lado, quero chamar a atenção para um outro ponto: quem aí já desejou a felicidade de alguém que viu no filme e pensou “só serei feliz quando…” Pois é! Essas histórias podem criar algumas expectativas um tanto quanto irreais para o nosso cotidiano.

Continua após a publicidade

Hoje, te convido a olhar para o lado bom da sua própria vida, a perceber quais os floreios e encantos que você vive diariamente e às vezes nem percebe. Pode ser o almoço gostoso que você come todos os dias, o mimo que seu parceiro faz ao deixar a sua escova de dente pronta pela manhã, o beijo na testa que você dá no seu filho antes de dormir, a sensação gostosa de deitar na cama após um dia cheio, a sua relação familiar, que do jeitinho que ela é, por mais maluca que possa ser, é só sua!

Quando passamos a apreciar a beleza da nossa própria história, ela pode se tornar ainda mais incrível que o melhor filme já visto, pois ela é a sua história! Você é o personagem principal e as pessoas que você ama são os protagonistas e coadjuvantes!!! Tem como ser melhor que isso?!

Que tal refletir e admirar o seu próprio conto de fadas?! Vamos juntos nessa linda jornada!

________________________________________________________________________

Oi, eu me chamo Priscila Conte Vieira, mas pode me chamar de Pri! Sou psicóloga, palestrante e mentora. Atuo na psicologia clínica, sou especialista em Psicologia Positiva, pós graduanda em Terapia Cognitivo Comportamental, master em autoconhecimento, coach de vida, practitioner em PNL e também criadora do Podcast Respira, não pira (que tal dar uma conferida lá no Spotify?!)

Estarei por aqui todas as semanas, abordando temas da Psicologia Positiva, felicidade, bem-estar e os auxiliando a serem as suas melhores versões, por meio do autoconhecimento e florescimento. Para saber mais sobre mim e me acompanhar no dia a dia, é só me seguir no Instagram! Estou por lá como @psi.priscilaconte Te vejo no próximo Sábado! Até mais <3 

Continua após a publicidade

Publicidade