Comer menos carne pode ajudar a prevenir o diabetes

A mudança de na alimentação vai muito além de uma moda passageira! Entenda

Por Cristina Nabuco (colaboradora) 7 out 2016, 14h57

Comer menos carne não é modismo. Quando você reduz os produtos de origem animal (de seis para quatro porções por dia), diminui 34% o risco de diabetes, segundo cientistas da Universidade Harvard (EUA). Eles analisaram o padrão nutricional de 200 mil homens e mulheres de três grandes pesquisas americanas ao longo de duas décadas, e avisam: no lugar da carne, você deve consumir leguminosas, castanhas, legumes, frutas e outros vegetais ricos em antioxidantes, fibras, proteína e gordura boa. Se a troca for por doces e massas refinadas, os efeitos podem ser até piores! Modere também nos tubérculos com muito amido, como a batata-inglesa – evite principalmente a versão frita.

Veja também: Vegetarianos são mais inteligentes do que quem come carne, diz estudo

 

Publicidade