“O desejo de construir uma família me salvou da anorexia”, diz Isabella Fiorentino

A ex-modelo e apresentadora, que sofreu com a doença, revelou os motivos que a ajudaram a driblar o drama pessoal e a viver melhor

Por Redação Boa Forma Atualizado em 22 out 2016, 18h04 - Publicado em 22 ago 2016, 09h06

O último domingo (21) foi marcante para Isabella Fiorentino. No programa da Eliana, no SBT, a ex-modelo e apresentadora compartilhou com o público a sua luta contra a anorexia, distúrbio alimentar que leva a pessoa à obsessão por aquilo que come e em manter um corpo extremamente magro. Mas Isabella afirmou: o desejo de ser mãe e construir uma família a salvou. No Instagram, ela compartilhou uma foto em que aparece com apenas 50 kg. Atualmente, ela pesa 60.

 

View this post on Instagram

Essa sou eu, uns 15 anos atrás, qdo pesava 50 kg. Era evidente q tinha algo errado comigo, já que me achava acima do peso e sempre queria emagrecer cada vez mais! A chamada anorexia eh uma doença sorrateira e devemos combatê-la. Agora, no programa da Eliana, estamos falando sobre esse assunto.

A post shared by Isabella Fiorentino Hawilla (@isabellafiorentino) on

 

“Eu acho que a gente está com uma doença que é ‘infelicidade com o próprio corpo’. Eu não conheço uma amiga completamente satisfeita com suas medidas. Porém, o desejo de ser mãe, de engravidar e construir uma família contribuiu para eu vencer a anorexia. Foi quando o meu psiquiatra falou: ‘Se você quiser ser mãe, tem que comer. Desse jeito você não consegue engravidar'”, contou Isabella.

Veja também: Após vencer anorexia, garota promove a autoaceitação exibindo seu corpo

Além da ex-modelo, Daiana Garbin, ex-repórter da Rede Globo, esteve no programa para comentar sobre dismorfia corporal ou síndrome da distorção da imagem. Em julho de 2016, Diana conversou com BOA FORMA sobre a doença e o seu canal do YouTube Eu Vejo para dar apoio a mulheres que, assim como ela, também querem fazer as pazes com suas formas.

Continua após a publicidade

Publicidade