Beleza

Como cuidar do cabelo no verão

Dicas de especialistas para cuidar dos fios antes, durante e depois da temporada

por Karina Hollo | Ilustração Shutterstock/Pedro Emílio Atualizado em 6 jan 2021, 15h06 - Publicado em 11 jan 2021 09h00

Parece que está marcado no calendário: basta o verão começar para o cabelo ficar seco, quebradiço, sem brilho – e até mudar de cor. Culpa de
quem? Do sol, do sal, do cloro. “O cloro e a água do mar causam danos à cutícula e diminuem a quantidade de proteínas na fibra capilar. Como resultado, o cabelo pode ficar mais fino, quebradiço e até mesmo mudar de cor caso tenha passado por procedimentos químicos e tinturas”, alerta o tricologista Lucas Fustinoni, membro da World Trichology Society. Quer mudar essa tradição? Embarque em uma temporada de cuidados indicados pelos experts. A seguir, ensinamos como cuidar do cabelo no verão.

Como cuidar do cabelo no verão: antes

-
Westend61/Getty Images

Ainda não é aconselhado frequentar às praias devido à pandemia do coronavírus. Mas algumas pessoas ainda vão aproveitar a piscina de casa ou do prédio.

Portanto, para começar essa conversa, nada de fazer qualquer tipo de descoloração nos 15 dias que antecedem os mergulhos. “Especialmente quem faz luzes ou gosta de ser loira ou platinada, o ideal é esperar cerca de duas semanas após o procedimento para entrar na água do mar ou da piscina. Esse é o tempo ideal para que a porosidade dos fios seja amenizada. Dessa forma, a penetração do sulfato usado nas piscinas vai causar menos estragos”, diz Valéria Campos, dermatologista especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, de São Paulo.

Mas mesmo se você não é desse time, existem outros danos presentes ao curtir o verão que podem ser previstos e abordados com atitudes prévias para diminuir os danos.  É o caso do sol, por exemplo, que atinge as madeixas de forma mais intensificada nessa época. O calor excessivo dos raios ultravioleta desidratam o fio de dentro para fora. Por isso, vale investir em uma hidratação pré-verão. Ela vai preparar os fios para as agressões que vêm pela frente. “Antes da exposição ao sol, é importante investir em uma hidratação power (aquelas feitas no salão, sabe?)”, fala Rodrigo Tanamati, terapeuta capilar do salão C.Kamura SP.

Quem tem fios cacheados ou crespos deve fazer a umectação com óleos vegetais, deixando o produto por pelo menos três horas

Para quem tem o cabelo quimicamente tratado, colorido ou com mechas, além da hidratação, é essencial o uso de produtos para reconstrução, assim você fortalece a fibra e minimiza os danos. “Se você tem fios cacheados ou crespos, vale investir na umectação dos fios com óleos vegetais”, sugere Nanashara Valgas, dermatologista da Clínica Derm&Vasc, em Macaé, no Rio de Janeiro. “O ideal é deixar o óleo por pelo menos três horas nos fios.”

Continua após a publicidade

Como cuidar do cabelo no verão: durante

-
ShotPrime/Getty Images

Agora é a hora de ter seu nécessaire de verão bem montado. “Vale trocar o seu shampoo normal por um mais hidratante e se possível com
filtro solar”, ensina Valéria. Também deve ser providenciado condicionador e creme de pentear com FPS, óleo capilar e chapéu com proteção UV para manter os fios saudáveis e protegidos.

Os raios ultravioleta podem atacar a melanina e romper as ligações de queratina do cabelo, deixando-o frágil e quebradiço

“Os raios ultravioleta podem atacar a melanina e romper as ligações de queratina do cabelo, deixando-o frágil e quebradiço. Os raios UVA e UVB também podem causar queimaduras no couro cabeludo e até queda”, alerta Valeria.

Na hora da diversão, você vai precisar ter à mão leave-in com FPS. “Ele protege os fios da oxidação causada pelos raios UV, evitando o
desbotamento da cor e também o ressecamento. As máscaras e leave-in específicos para este fim trazem uma tecnologia que ajuda a evitar os
danos causados por cloro e sal”, diz Rodrigo. A ideia é que um “filme” se forme em torno dos fios, prevenindo e protegendo dos efeitos do cloro e da luz solar.

Cuidados para loiros

Os fios loiros devem evitar a piscina em excesso para não correr risco de alteração da cor – para verde! Não aguenta ficar longe da água? Para proteger o fio, antes de entrar na piscina, molhe os fios e aplique um óleo ou creme (com filtro solar) para amenizar os danos. Dessa forma, o cabelo, que já estará saturado de água, absorverá menos sal ou cloro. “E depois do mergulho, procure lavar os cabelos com água potável para remover o excesso de cloro e sal. Você pode usar água termal ou de coco após lavá-los”, fala Nanashara.

Além dos danos já citados, no verão, a gente acaba lavando muito mais os cabelos por causa do calor. O ideal é deixar o cabelo secar naturalmente, mas se for utilizar secador você precisa usar protetor térmico para proteger os fios. Quanto mais o cabelo secar naturalmente mais ele vai ficar hidratado, retendo água no fio, segundo Jéssica  Yansen, especialista em tratamento capilar do Espaço J, de Vinhedo (SP).

Continua após a publicidade

Como cuidar do cabelo no verão: depois

-
ShotPrime/Getty Images

Mesmo com todos esses cuidados, você vai sentir que seu cabelo é outro. “Se o cabelo ficar quebradiço e poroso, é possível recuperá-lo
com um cronograma capilar adequado, devolvendo tudo que o fio precisa: água, lipídios, aminoácidos, vitaminas e queratina”, avisa Rodrigo.

Veja aqui um para recuperar seus fios.

O cronograma capilar devolve a água, lipídios, aminoácidos, vitaminas e queratina perdidos durante o verão

De qualquer forma, é hora de intensificar a hidratação dos fios, que ficam mais secos após dias na praia. “O óleo capilar, por exemplo, ajuda a selar a cutícula e impedir que o cabelo fique desidratados”, fala Nanashara. Utilize uma pequena quantidade nos fios secos ou levemente molhados.

Em tempo: penteie e desembarace os fios com muito cuidado e delicadeza após o banho – nunca durante. Fios ressecados são mais suscetíveis à quebra.

Continua após a publicidade

Receitas para tirar o verde dos fios

“É importante esclarecer que o vilão da história não é o cloro, mas sim o sulfato de cobre dos produtos utilizados para a manutenção e a limpeza da água. Por ser de cor azul, ao reagir com o amarelo dos fios, acaba resultando no temido ‘fio verde’”, fala Valéria, que indica três receitas caseiras e um produto para tirar o esverdeado dos fios.

  • Vinagre de maçã: basta colocar quatro colheres de sopa (bem cheias) de vinagre de maçã em meio litro de água. Depois, misture e aplique no cabelo. Deixe por cerca de 15 minutos e, em seguida, lave como de costume. “Importante: a proporção de vinagre deve ser sempre de 10% para o restante de água”, avisa ela.
  • Leite: você precisa dar preferência ao leite integral. Basta aplicá-lo puro nos cabelos molhados de forma a deixar bastante encharcado. Deixe agir por aproximadamente 15 minutos. Em seguida, tire o excesso com um pente. Se você perceber que algumas mechas ainda continuam esverdeadas, repita a operação.
  • Bicarbonato de sódio: misture uma colher de sopa da substância em um copo de água e passe nos cabelos secos. Você também pode utilizar um borrifador (mais aconselhável para espalhar por todo o cabelo). Deixe agir por 5 minutos e aperte os fios, para ver a cor que “desbotará” juntamente com água. Em seguida, lave normalmente e capriche na máscara de hidratação ou ampola instantânea, para nutrir os fios.
  • Shampoo antirresíduos: é indicado para cabelos que não tenham escova progressiva, pois pode acabar com o efeito liso. Ele pode ser usado uma vez por semana e ajuda a retirar as substâncias presentes na água da piscina ou do mar que possam ter se acumulado nos seus fios. “Nesse dia, faça uma rotina de pré-lavagem aplicando óleo de coco ou de argan e deixando nos fios por alguns minutos antes da lavagem”, sugere a dermatologista Paula Amorim, responsável pelo núcleo de tricologia da Clínica Juliana Piquet, do Rio de Janeiro. Depois do shampoo, use um condicionador mais intenso ou uma ampola de hidratação. “O shampoo antirresíduos limpa mais os fios, mas também aumenta as chances dele ficar mais frisado. Ativos mais condicionantes ajudam a minimizar esse efeito”, diz ela.

Prateleira de cuidados para o verão

-
Keune/Divulgação

Shampoo e Condicionador de Proteção Solar Sun Shield, Keune, R$134 e 134

Elimina resíduos de cloro e sal do cabelo e corpo. E para completar, o condicionador tem ação intensiva que hidrata na medida
certa. Sua fórmula traz minerais essenciais, manteiga de karité, polímeros e filtro UV.

Compre aqui – shampoo

Compre aqui – condicionador


-
Wella/Divulgação

Shampoo e Condicionador Invigo Sun Essential, Wella Professionals, R$ 158,80

Shampoo e condicionador para cabelos expostos ao sol, com óleo de
damasco e Sun Blend, que garante toque sedoso e resgata o aspecto
saudável do cabelo.

Compre aqui o kit.


Oil Davines

Continua após a publicidade

Óleo capilar Oi Oil, Davines, R$ 369

Algumas borrifadas e os fios ficarão mais fáceis de desembaraçar, com mais brilho, maciez e menos frizz. Bônus: tem ação antioxidante e antirradicais livres. Com óleo urucum, reduz os danos celulares causados ​​pelos raios UV e mantêm as fibras do cabelo flexíveis.

Compre aqui.

-
MAB/Divulgação

BB Cream 10, MAB, R$ 84

Com D-Pantenol e aminoácidos, oferece reparação capilar, controle do frizz, brilho, redução de volume, efeito desembaraçante e filtro solar.

Compre aqui.

-
Alfaparf/Divulgação

Alfaparf Semi Di Lino Reconstruction Reparative Mask, R$ 70

Máscara capilar para cabelos danificados, repara a estrutura desde o córtex e melhora a resistência do fio. Protege da poluição, tem filtro UV e ativos antioxidantes para prevenir o desgaste da coloração, e um complexo que realça o brilho dos fios pelas próximas 24 horas.

Compre aqui.

Continua após a publicidade