Pró-amor: 4 atitudes para evitar conflitos no relacionamento

O vilão número um dos relacionamentos não é ciúme, dinheiro nem sexo, como muita gente imagina. Veja o que pode estar comprometendo a saúde da sua relação

Por Juliana Mesquita (colaboradora) - Atualizado em 31 out 2016, 11h20 - Publicado em 19 jul 2015, 06h00

Saber se comunicar é o que constrói relações saudáveis e sólidas, em que cada parceiro consegue expressar sua personalidade e realizar o que deseja para ser – e fazer o outro – feliz. Também é o diálogo (falar e ouvir sem agressão ou transformar a conversa em uma batalha para ver quem dá a última palavra) que impede que cada parceiro saia para um lado depois de uma briga. Pode parecer óbvio, mas nem todo mundo pensa nisso e muito menos coloca em prática. Quer construir um diálogo pró-amor? A psicóloga Suzana Salvador, de São Paulo, sugere uma lista de atitudes para evitar e amenizar conflitos.

1. Evite as mensagens

Falar pelo WhatsApp ou pelo Face é uma delícia para se sentir sempre próxima do seu amor, mas deixe para brigar e tomar decisões conjuntas pessoalmente. A falta de interação olho no olho abre brechas para mal-entendidos.

2. Pense melhor antes de falar

Para demonstrar sua insatisfação e reivindicar alguma coisa, diga, por exemplo, “queria que você prestasse mais atenção no que eu falo”, em vez de “você nunca escuta o que eu falo”.

3. Deixe para discutir a relação em casa

Bater boca em lugares públicos, na casa dos outros ou no almoço de domingo, com a família reunida, não é uma boa ideia. Além de horroroso, não deixa você desabafar como gostaria.

4. Concentre-se no momento

Quando surgir uma briga, evite trazer de volta conflitos passados e não resolvidos. Isso só piora as coisas – e tente usar o equilíbrio para que a discussão não vire um escândalo ou uma baixaria.

Continua após a publicidade
Publicidade