Por que alguns personais trainers estão diminuindo o ritmo do treino de seus alunos

Quando o assunto é conquistar a barriga chapada ou a perna torneada... É melhor ir com calma. Entenda!

O sucesso do CrossFit e do HIIT (sigla em inglês para High Intensity Interval Training ou treinamento intervalado de alta intensidade) fez com que o termo AMRAP (As many rounds/reps as possible ou quantas séries/repetições possíveis em um determinado tempo) se popularizasse entre os praticantes de cada modalidade. Apesar dos resultados positivos que o método proporciona, alguns personais americanos estão incentivando seus alunos a deixarem de lado as repetições e apostarem em atividades mais lentas que, segundo eles, é o segredo para alcançar suas metas, como o abdômen trincado.

“O estilo amrap é bom porque combina treino de força e resistência com o condicionamento metabólico. Mas, nesse ritmo você não consegue trabalhar com carga máxima. Por outro lado, os movimentos mais lentos permitem que você aumente o peso e se concentre na execução e técnica correta”, explica o treinador Justin Jacobs.

Para garantir a tão sonhada barriga trincada – ou qualquer outra parte específica do corpo, o foco deve ser nos exercícios de tonificação, justamente, porque eles trabalham com mais eficácia os músculos que podem ser negligenciados durante outros exercícios como correr ou andar de bicicleta.

Ainda não está convencida? Analise o caso: seu objetivo é ficar com o bumbum na nuca. Aí, você tem duas opções: 1. Chutar 40 vezes o saco de luta, suar o top e sentir a endorfina na veia; ou 2. Fazer uma elevação pélvica com a bola, concentrando no músculo e repetindo umas 15 ou 20 vezes. Além de contribuir para a prevenção de desvios posturais (como lordose e escoliose), a segunda opção fortalece os músculos dos glúteos, posteriores da coxa e os paravertebrais. Resultado: você sua menos, mas o resultado pode chegar mais rápido.

Ir devagar também pode melhorar a conexão entre corpo e mente. Isso porque quando você está pensando nos músculos que está trabalhando,  também está esculpindo de dentro para fora. Outro benefício de se movimentar mais lentamente é potencializar a construção de músculos.

Mas, isso não significa que você deve desistir de seus exercícios rápidos completamente!  A ideia é misturar o melhor dos dois mundos. Continuar com o seu treino intensivo, mas complementar com um treino mais lento como pilates ou ioga. Ou, continuar o seu treino rápido, mas sem uma estrutura de amrap. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s