Barriga tanquinho com o exercício canivete

O abdominal canivete, que ganhou esse nome por fazer o movimento que imita a performance da ferramenta, trabalha intensamente a região do abdômen

Por Manuella Menezes (colaboradora) Atualizado em 22 out 2016, 13h55 - Publicado em 5 fev 2015, 13h37

Batizado de canivete, o abdominal ganhou esse nome por fazer o movimento que imita a performance da ferramenta. “Exige muito dos oblíquos, transverso e reto abdominal”, explica o treinador Chico Salgado, do Rio de Janeiro. Ou seja, desenha os gominhos de sua barriga. “Mas também trabalha os posteriore de coxa”, completa. Como é preciso força no core – conjunto de músculos que sustenta e protege o centro do corpo –, o exercício é recomendado para quem já possui nível intermediário de condicionamento físico. “A dificuldade aumenta conforme acrescentamos repetições nas séries ou fazemos todas as repetições de um lado e depois de outro.”

Carol ensina

Deitada de costas, um dos joelhos flexionados e o braço do mesmo lado estendido acima da cabeça – o outro fica colado ao tronco. Eleve, ao mesmo tempo, o braço que estava para trás e a perna oposta, até que a ponta dos dedos dos pés e das mãos se encontre no centro do corpo, fazendo a contração total do abdômen. As escápulas devem sair do chão. 

Chico sugere de 10 a 15 repetições para intermediárias e de 25 a 30 para avançadas.

Publicidade