Como preparar um menu semanal incrível

Quer facilitar a sua vida alimentar? Então, está na hora de considerar um menu semanal

Por Marcela De Mingo Atualizado em 9 jun 2022, 16h02 - Publicado em 16 jun 2022, 08h00

Pinterest à fora – e, às vezes, até mesmo no Instagram – encontramos uma série de posts que mostram marmitinhas perfeitamente montadas e prontas para a semana. Montar um menu semanal parece muito bonito na internet, mas infinitamente mais difícil na vida real. Será? 

VALE A PENA MONTAR UM MENU SEMANAL? 

O menu semanal pode ajudar e muito a rotina de preparação de alimentos”, explica a nutricionista Julia Canabarro. “Ter previamente escolhido o cardápio da semana é o primeiro passo para manter uma rotina mais saudável e mais clara a ser seguida.”

Isso porque, de acordo com a profissional, a partir do menu semanal é possível elaborar a lista de compras da semana, o que evita o desperdício de alimentos e também o gasto desnecessário de dinheiro – quem nunca comprou uma fruta ou verdura que acabou estragando na geladeira? 

“As vantagens de elaborar um menu semanal são muitas”, continua. “Primeiro, você economiza tempo, afinal, já saberá o que precisa ser preparado. Na hora das compras também será mais fácil, pois você já terá os ingredientes necessários para elaborar uma lista para o supermercado. E, claro, fica mais fácil seguir uma rotina saudável, pois quando temos um planejamento, diminuímos bastante as chances de comer algo fora do plano.”

COMO MONTAR UM MENU SEMANAL? 

Com tudo isso em mente, deu vontade de preparar um menu semanal por aí? Então, pegue papel e caneta para anotar o passo a passo desse processo: 

1

Defina quantas pessoas vão fazer parte do seu menu

O menu semanal é só para você ou também para o seu parceiro ou parceira, filhos, ou outros membros da família? Esse primeiro ponto é essencial porque interfere diretamente na quantidade de alimentos que você vai precisar comprar no mercado, mais para a frente, e também no tempo de preparação. 

2

Salve referências desde agora!

Se a sua dificuldade está em saber o que colocar no seu menu, comece agora uma pasta para salvar diferentes receitas. Isso vai ajudar muito na hora de planejar! Se você quiser se profissionalizar ainda mais nisso, pode montar pastas com receitas separadas por ocasião, como “café da manhã”, “almoço”, “lanche da tarde” e “jantar”. 

3
Continua após a publicidade

Lembre de considerar o que é importante

Ao pensar nos pratos do seu menu, é interessante considerar o equilíbrio de cada refeição: macronutrientes como carboidratos, proteínas e lipídios não podem faltar. E, dentro disso, é importante considerar cereais, legumes e verduras variados para evitar a monotonia alimentar. 

4

Não exagere nas compras

As dificuldades desse processo variam de pessoa para pessoa, mas uma coisa é certa: para quem está começando, a sugestão de Juliana é pegar leve nas compras. “Você pode ir comprando aos poucos para ver se as quantidades estão de acordo com as necessidades da família”, diz. “Além disso, um profissional nutricionista também pode ser essencial neste momento, pois ele poderá orientar sobre as quantidades e até mesmo o modo de preparo destes alimentos!”

5

Não esqueça do lanche da tarde

A nutricionista aponta um detalhe importante: o lanche da tarde também deve fazer parte do planejamento. Não esqueça de separar alguns itens para compô-lo, como castanhas, frutas e iogurtes. 

6

Separe um dia para cozinhar

Parece muito, mas, no começo, esse processo pode levar mais tempo. Por isso, separe um dia para essa função: fazer as compras do mercado e, depois, o preparo dos alimentos. Com o tempo e a prática, o processo ficará muito mais fácil e menos trabalhoso. 

7

Não monte marmitas, se não quiser

As marmitas são muito práticas e uma ótima opção para quem trabalha fora, mas você não precisa montá-las se não quiser. A função do menu semanal é facilitar o seu processo de alimentação ao longo da semana, por isso, você pode preparar os alimentos e guardá-los em recipientes separados na geladeira, para montar o seu prato na hora de comer.

Continua após a publicidade

Publicidade