7 dicas para escolher a clínica de estética com segurança

Na hora de investir num tratamento, vale fcar atenta a algumas recomendações para não cair em cilada. A dermatologista Valéria Campos ensina 7 dicas.

Por Débora Lublinski (colaboradora) Atualizado em 28 out 2016, 01h25 - Publicado em 1 jun 2014, 22h00

Foto: 123RF

 

1. Escolha clínicas de estética por indicação ou aposte nas grandes redes.

2. Desconfie de promoções com preços muito reduzidos.

3. Não se sinta coagida a pagar por um pacote com antecedência. Uma dica é negociar 50% do pagamento no final do tratamento.

4. Não acredite em promessas de redução de gordura localizada e celulite que dizem não precisar manter uma dieta saudável e fazer exercícios físicos. Não há milagre!

5. Existem no mercado muitos equipamentos (laser, radiofrequência e outros) falsificados. Verifique se ele é aprovado pela Anvisa.

6. É imprescindível que as agulhas, como as usadas na intradermoterapia e na carboxiterapia, sejam descartáveis.

7. Em caso de procedimentos com laser, exija um óculos de proteção adequado ao equipamento.

Continua após a publicidade
Publicidade