Esqueça 3 mitos que você sempre ouviu sobre o cuidado com os fios

Desvendamos a verdade por trás de cada uma das afirmações a seguir

Por Camila Neves (colaboradora) - Atualizado em 1 fev 2018, 13h18 - Publicado em 1 fev 2018, 13h16

MITO 1: Lavar todos os dias faz mal

O que seriam das atletas — profissionais ou amadoras — se isso fosse real? A verdade é que toda sujeira no couro cabeludo deve ser removida no mesmo dia! “Suor e outros fatores externos como água do mar, sol e piscina pode deixar os fios sem vida, mais propensos à quebra e às pontas duplas”, diz a dermatologista Carla Vidal, de São Paulo. Neste caso, escolher um xampu indicado para você, hidratar com frequência e secar bem o cabelo após cada lavagem são fundamentais para garantir a saúde dele. Dica de amiga: fique de olho na temperatura da água, que deve ser de morna para fria para não estragar os fios nem estimular a oleosidade excessiva.

MITO 2: Quanto mais esfregar, melhor a lavagem

Ser firme, mas delicada, é o segredo para um cabelo bem lavado e saudável. O processo é simples: aplique o xampu na raiz, massageie com calma (sem usar as unhas) e deixe a espuma deslizar ao longo dos fios — isso basta para remover a sujeira cotidiana. “O foco deve ser sempre no couro cabeludo, com movimentos circulares”, ensina o dermatologista Amilton Macedo, de São Paulo. Evite a todo custo provocar atrito nos fios, que são sensíveis e podem ficar porosos, sobretudo os que contêm química.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

MITO 3: Xampu serve apenas para limpar o cabelo

Sim, a higienização é a principal função do xampu. Mas não subestime a capacidade do produto — o mercado está repleto de fórmulas com altos poderes nutritivos e fortificantes, que até estimulam o crescimento capilar. “Apesar de a ação do cosmético ser limitada por causa do contato rápido com o couro cabeludo, ativos hidratantes como D-pantenol e manteigas são bastante eficazes”, lembra Ana Paula Garcia, dermatologista da Clínica Carla Vidal, de São Paulo.

Continua após a publicidade
Publicidade