Água de arroz e outros truques para cabelos do TikTok: funcionam?

É melhor consultar especialistas antes de seguir as trends do aplicativo

Por Amanda Ventorin Atualizado em 17 dez 2021, 12h26 - Publicado em 26 dez 2021, 10h00

O TikTok nos últimos tempos tem exercido grande influencia em diversos aspectos da nossa realidade – desde as músicas que tocam nas rádios até a nova trend da moda é possível encontrar de tudo no aplicativo, inclusive truques de beleza. A hashtag cabelo saúdavel reúnem mais de 134,7 milhões de resultados com truques sobre como manter os fios saudáveis, cheios e maiores. Mas será que são seguros?

“Devemos ficar muito atentos aos modismos da internet. O melhor a fazer é não seguir conselhos dos tiktokers ou dos blogueiros, o correto é procurar um médico tricologista ou um dermatologista, apenas um especialista poderá indicar uma rotina de cuidados com a pele, cabelos, unhas que realmente sejam adequadas para cada pessoa” aconselha a tricologista Luciana Passoni. 

Por isso, separamos 5 truques capilares que bombam no tiktok e pedimos a opiniões de profissionais sobre sua eficácia e se podemos, ou não, apostar sem medo.

1- Água de arroz

Bebidas vegetais - arroz
Polina Tankilevitch, Pexels/Reprodução

Uma das dicas mais populares quando se trata do crescimento é a água de arroz. Segundo vídeos, você deve colocar o arroz na água por dois ou três dias, descartar o arroz e em seguida passar aquela água no cabelo e deixar molhado por até duas horas antes de lavar.

Apesar de parecer novidade, a prática é muito comum em países como China e Japão, usado há milênios pelas mulheres asiáticas. “A água de arroz possui aminoácidos, vitaminas e o inositol que podem proporcionar muito brilho e saúde aos fios. Os aminoácidos ajudam a hidratar a cutícula, que é um tecido superficial do fio de cabelo, e são capazes de reparar os fios danificados e fortalecê-los. O ácido felúrico é usado contra o envelhecimento precoce tanto da pele e quanto das fibras capilares.  A combinação do ácido felúrico com o orizanol que a água de arroz é tão eficaz que são os responsáveis pela melhora e pelo brilho, maciez e do cabelo” explica Luciana. 

Porém, segundo o dermatologista natural  Luann Lôbo, não há comprovação científica dos benefícios da prática, apesar de não ter nenhuma contraindicação.

2- Aloe Vera (Babosa) + Óleo de Rícino

babosa
Pexels/Reprodução

Quem nunca ouviu sobre os milagres que a babosa e óleo de rícino podem fazer aos cabelos? Geralmente utilizadas como uma “misturinha” para as máscaras capilares (e pode ser encontrada também na composição de produtos cosméticos), a babosa possui uma substância gelationosa que tem propriedades cicatrizantes e hidratantes, além de ser rica em vitaminas, sais minerais e aminoácidos.

Já o óleo de rícino é um poderoso antioxidante que limpa a raiz, permitindo a entrada de nutrientes que auxiliam no crescimento dos cabelos, além de ser rico em vitamina E, aumentando ainda mais a sua capacidade nutritiva.

Ou seja, os dois beneficiam, sim, a saúde capilar. “A utilização do óleo de rícino e da babosa juntos é porque ambos limpam o couro cabeludo, eliminando possíveis resíduos que podem entupir os poros e prejudicar o crescimento dos fios” explica Luciana.

3- Colágeno

Importante para a pele, os suplementos de colágeno também pareceram como os melhores amigos da saúde capilar nas redes sociais. “O colágeno ajuda muito na sustentabilidade da pele e ajuda na ancoragem dos cabelos. Então além de fazer bem para o processo de rejuvenescimento, o processo de flacidez também é importante para saúde capilar” explica a tricologista Viviane Coutinho que avisa que o uso de suplementos deve ser indicado por um médico.

Mas apesar disso, é preciso ficar atento a descrição do suplemento. Muito se fala em suplementar com colágeno hidrolisado, aquele que é quebrado em partes menores pelas moléculas de água para ser melhor absorvido, mais bem aproveitado pelo organismo, mas segundo estudos recentes, ele não é o mais indicado quando o assunto é cabelo. “Estudos indicam que o melhor colágeno para cabelo é o colágeno verisol, até o momento é o único com comprovação científica acerca dos seus benefícios para a beleza não só do cabelo, mas da pele e das unhas também” compartilha Luciana. 

E além disso, o colágeno pode ser encontrado na alimentação. Ovo, frango, peixe, carne vermelha e queijo minas são alimentos com boas quantidades de colágeno que devem estar na sua rotina. 

Continua após a publicidade

4- Suco de cebola

Cebola, com certeza, não é a primeira coisa que você pensa quando o assunto são máscaras capilares. Mas, segundo o app, o “suco de cebola” (que consistem em bater cebola com água, coar e passar no cabelo) possui diversos benefícios para os fios.

A cebola é uma verdadeira potência em nutrientes – rica nas vitaminas C e B6, enxofre, magnésio, potássio e cálcio. De acordo com Luciana, a medicina alternativa vem divulgando as propriedades medicinais do alimento, a propaganda do “suco de cebola” que promete regeneração dos folículos pilosos, redução da queda de cabelos e estímulo do crescimento de novos fios deve ser observada por um especialista pois ainda não há comprovação científica sobre esses benefícios.

 “Na verdade, ao invés de usar o suco da cebola invista em bons cosméticos que será sem dúvida muito mais fácil de obter resultados, já que estes passam por todo um processo de preparo”, aconselha Viviane. 

5- Séruns Capilares

Criados especificamente para os cabelos, os séruns são uma boa aposta quando falamos sobre o tratamento capilar. “Os séruns capilares misturam ativos que ajudam a formar uma película de proteção em volta dos fios de cabelo, protegendo-os não apenas das agressões externas diárias (sol, cloro, vento, umidade, poluição, impurezas), mas impedindo que a fibra capilar perca água e nutrientes para o meio externo. São fortes aliados na proteção dos fios de cabelos” explica Luciana.

Os séruns são usados como finalizadores, sendo o último produto que deve ser aplicado nos fios e apenas no comprimento e pontas, nunca na raiz. “Uma das grandes vantagens do sérum comparando com outros tipos de finalizadores é que por ter uma textura leve, não pesa nos fios, nem mesmo nos mais cabelos finos. Pode ser aplicado todos os dias após o banho, sem restrições, nos cabelos úmidos ou secos” conta.

“Truques” de cabelo que funcionam melhor, segundo especialistas

Mascara de cabelo e leave-in
Piotr Marcinski / EyeEm/Getty Images
  • boa alimentação

É importante garantir que seu corpo esteja recebendo todos os nutrientes que precisa. Alimentos ricos em proteínas, como carne, peixe, leite, ovos e iogurte são muito importantes na alimentação para formar a matriz capilar que dá origem ao cabelo, ingerir uma maior quantidade deste nutriente os fios tendem a crescer mais rápidos e mais bonitos.

O consumo de suplementos vitamínicos deverá somente ser indicado por um especialista, pois da mesma forma que a falta de vitaminas provoca a queda de cabelos, o excesso também poderá ocasionar queda.

  • lavagem correta

Ao lavar os cabelos, massageie o couro cabeludo com as pontas dos dedos em movimentos circulares, isto aumenta a circulação sanguínea local favorecendo o crescimento dos cabelos. “E se não lavar os cabelos todos os dias, fazer uma massagem no couro cabeludo ativam a circulação sanguínea do couro cabeludo” conta Luciana.

Importante lavar os cabelos entre 2 a 3 vezes por semana, no entanto esse tempo pode variar de pessoa para pessoa. “A oleosidade excessiva ou quando há muita transpiração devido à prática de atividades físicas, recomendo lavar o cabelo regularmente para que os fios fiquem fortalecidos e resistentes à queda” explica a especialista.

  • fuja do cigarro

“Não fumar e ficar perto de quem fuma também é importante, porque o cigarro prejudica à saúde e danifica os cabelos, deixando-os mais fragilizados e quebradiços”. 

  • evite chapéus

O hábito de usar chapéus e bonés pode abafar a raiz dos cabelos, dificultando o seu crescimento, e aumentam o risco de desenvolvimento de fungos, a sensibilidade do couro cabeludo para a queda, portanto deve ser evitado o uso diário.

  • não prenda ele molhado

Prender os cabelos molhados ou úmidos pode fazer com que a raiz sofra danos, favorecendo a queda. 

“Outra dica preciosa é desembaraçar os cabelos ainda no banho quando passar o creme ou condicionador, impedir que quando seco o cabelo fique muito embaraçado e haja quebra dos fios ou quedas. É importante desembaraçar primeiramente as pontas e deixar a raiz por último, isso também evita maiores quedas de cabelo” finaliza Luciana.

Continua após a publicidade

Publicidade