Suplementos de proteína: conheça as vantagens e saiba se você pode consumir

Queridinho das malhadoras, o suplemento de proteína traz muitos benefícios. Mas será que é necessário para quem, apesar de levar a malhação a sério, está longe de treinar como as musas fitness? Tire suas dúvidas.

A dosagem correta depende da avaliação de um profissional.
Foto: Getty Images

Sucesso nas redes sociais, o suplemento de proteína traz muitas vantagens. Mas será que é recomendado também para quem malha com regularidade, mas não treina tanto como as estrelas do mundo fitness? “Ele é indicado como complemento a partir de uma demanda maior do nutriente – basta praticar exercícios com regularidade”, diz Alessandra Luglio, nutricionista de São Paulo. É a proteína que repara as fibras que foram desestruturadas no treino, fazendo com que o músculo fique mais tonificado ou maior. “A dosagem correta depende da avaliação de um profissional, que vai levar em conta a quantidade de proteína que você já consome e a intensidade do treino”, fala. “Em excesso, engorda e, a médio prazo, prejudica a saúde”, alerta Ana Luisa Vilela, médica nutróloga de São Paulo. Conheça as benefícios que ele traz.
 

Mais proteína no seu dia a dia

 
Fica mais fácil consumir os três grupos de nutrientes (carboidrato, proteína e gordura) em todas as refeições, como recomendam as nutricionistas. “Indico para a Gabriela Pugliesi (blogueira fitness) misturar 1 colher de chá de suplemento ao iogurte nos lanches. A quantidade de proteína praticamente dobra (o pote de iogurte tem 6 gramas do nutriente)”, diz Alessandra Luglio.
 

Praticidade

 
Alimentos proteicos, como iogurte e peito de peru, precisam de refrigeração. Já o suplemento em pó pode ser levado para qualquer lugar. E basta misturá-lo com água.
 

Versatilidade

 
“Além do preparo tradicional do produto (batido com água, leite ou suco), existem diversas receitas que podem ser enriquecidas com ele, como bolos, panquecas, pães e musses”, fala Angela Martins, nutricionista da Neo Nutri, de São Paulo.
 

Saciedade

 
“Ajuda a controlar a fome, pois as proteínas têm um tempo de digestão prolongado”, fala Débora Perçu, nutricionista do Rio de Janeiro. O suplemento tem baixo teor de gordura e de carboidratos. “Por isso, ajuda também em dietas com restrição calórica”, acrescenta. Mas, para isso, deve entrar como substituto de alguma das refeições para que você não acabe consumindo calorias extras. “Uma dose do suplemento pode ter de 110 a 407 calorias, dependendo do tipo e do fabricante”, fala Ana Luisa Vilela.
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s