Continua após publicidade

Nós descobrimos qual é a melhor posição para dormir

Acredite, a resposta não é o que você imagina

Por Marcela De Mingo
Atualizado em 14 out 2022, 14h06 - Publicado em 22 out 2022, 08h00

Dormir é essencial para a nossa saúde e bem-estar. Porém, será que existe uma posição ideal de sono? E a resposta é… Mais ou menos. Calma, nós vamos explicar. 

A POSIÇÃO QUE VOCÊ DORME IMPORTA

Parece estranho falar sobre isso, mas a verdade é que a posição em que você dorme importa, sim. Principalmente nos casos em que a pessoa possui alguma condição particular de saúde. 

“Todas as posições possuem prós e contras, não existe ‘a posição certa’ para dormir, existe a que te deixa mais confortável, faz dormir melhor e é recomendada caso você tenha problemas como refluxo, apneia do sono e hérnia de disco”, explica Josué Alencar, idealizador e diretor do Persono, unidade de negócios do Grupo Coteminas que reúne soluções para o sono.

No caso de uma pessoa com hérnia de disco que, por exemplo, costuma dormir de bruços (com a barriga para baixo), a postura tensiona a coluna e pressiona as juntas das vértebras, ocasionando uma sobrecarga da região cervical e, consequentemente, mais dor no dia seguinte. 

“É importante avaliar a forma mais ergonômica possível para dormir, mas sem desconsiderar as preferências individuais de cada um”, continua o especialista. “Se a pessoa não tem nenhum tipo de problema na coluna e gosta de dormir na posição pronada [com a barriga para baixo], não há problema algum, mas ela deve, preferencialmente, utilizar um travesseiro baixo e macio.”

Continua após a publicidade

Fora isso, vale a pena buscar a avaliação de um médico, ortopedista ou fisioterapeuta para entender as suas necessidades fisiológicas e encontrar a posição mais adequada para você. 

QUAL A MELHOR POSIÇÃO PARA DORMIR? 

“A melhor posição para dormir é aquela em que se dorme melhor, já que todas elas têm indicações e contra-indicações”, diz José. “Também é fundamental escolher um travesseiro adequado conforme a posição e peso da pessoa.”

Dormir de lado é a posição de escolha para a maioria das pessoas – e ela tem muitos benefícios, pois a coluna fica alinhada e reduz as chances de ronco, já que mantém as vias aéreas abertas. 

“Neste caso, é importante prestar atenção na altura do travesseiro para que o pescoço não fique tensionado ou ‘caído’. Ele deve ter em média a altura do ombro e sustentação suficiente para absorver o peso da cabeça, mantendo o pescoço alinhado à coluna vertebral”, indica. 

Continua após a publicidade

Usar um travesseiro entre as pernas ou para apoiar a barriga ou a lombar também é uma ideia interessante para pessoas que dormem de lado, de bruços ou com a barriga para cima. 

Dependendo da posição em que se dorme, existe a indicação para usar um segundo travesseiro, de preferência fino”, reforça o profissional. “Para quem dorme de lado, dormir com um travesseiro entre os joelhos é recomendado, pois alivia a pressão entre os joelhos e os quadris. Já para quem dorme de barriga para baixo, um travesseiro fino abaixo do abdômen ajuda a diminuir a tensão na coluna.”

E, acredite, o maior erro que as pessoas cometem ao dormir não tem relação com a postura e, sim, com o travesseiro que usam. Isso porque escolher um travesseiro inadequado para a sua posição e peso pode prejudicar até mesmo uma pessoa que não tenha problemas de coluna ou de saúde afetados pela posição de sono. 

“Por isso, tão importante quanto escolher a posição que prefere dormir é escolher um travesseiro adequado em termos de altura e suporte/firmeza”, finaliza.  

Publicidade