O que acontece com o seu corpo quando… você para de usar salto

Bolhas, joanetes, dor nas costas... Você pode até amar um salto alto, mas sabe o quanto esses machucados são doloridos. Se mesmo assim você ainda não consegue se livrar dos centímetros a mais, a gente conta o que realmente acontece com o seu corpo quando você desapega do sapato alto

Por Maria Lúcia Zanutto - Atualizado em 27 out 2016, 20h38 - Publicado em 28 ago 2015, 10h44

Você é da turma que não abre mão do salto alto? Nós listamos 5 coisas que acontecem com o corpo quando a gente aposenta o hábito por algumas horas – ou até mesmo dias! Pequenas mudanças podem ser bem positivas:

1. Os músculos das suas panturrilhas ficam mais longos
Um estudo publicado no The Journal of Applied Physiology, nos Estados Unidos, revela que as pessoas que usam salto com frequência apresentam músculos da panturrilha mais curtos. Isso acontece porque o calcanhar passa muito tempo elevado e, raramente, ele se alonga até seu comprimento natural. Quando você deixar o hábito de lado, pode apostar no combo: alongamento + espuma de rolamento (do pilates) + andar de chinelo ou rasteirinha. Isso vai ajudar suas panturrilhas a voltar ao normal. Aí, elas vão parecer mais longas.

2. A sua coluna vai agradecer
O salto alto faz o bumbum ficar surpreendente por uma única razão: ele inclina a pélvis, forçando o derrièr para trás. Isso aumenta a pressão sobre a região lombar, causando dores e, com o tempo, desenvolvendo outras doenças. Por isso, quanto mais rápido você tirar o salto, menos pressão a sua coluna sofrerá.

3. O seu calcanhar pode sentir abstinência e doer um pouco
Os seus tendões e músculos estão acostumados com a tensão diária. Quando você fica algum tempo sem, algumas dores no calcanhar podem surgir. Mas, fique tranquila! Depois de alguns dias os incômodos somem e os seus calcanhares agradecem!

4. A sua dor no joelho pode desaparecer (milagrosamente!)
Com o uso de salto, o centro de gravidade do seu corpo muda. Isso significa pressão extra sobre os tendões e ligamentos dos seus joelhos.  Ou seja, a solução para seus problemas no joelho pode não ser parar de correr, mas evitar o salto.

5. O seu equilíbrio também melhora
Um estudo realizado com comissários de bordo sul-coreanos constatou que o uso de salto ao longo dos anos reduz a força entre os músculos dos tornozelos, o que gera instabilidade e desequilíbrio.

Continua após a publicidade
Publicidade