Equilíbrio

Sessão de yoga para desestressar e promover um detox mental

A instrutora Pri Leite ensina posturas que ajudarão a renovar corpo e mente

por Amanda Panteri | Ilustração de Chipolla Atualizado em 7 jan 2021, 15h02 - Publicado em 10 dez 2020 09h00

A sobrecarga física e mental tem atingido muita gente. E ela pode afetar diretamente a energia no dia a dia, a produtividade no trabalho e até as nossas relações. Infelizmente, estar cansado e não ver a hora do ano acabar parece ser um sentimento predominante em muita gente. Mas por que esperar até 2021 para começar o reset mental e físico? Vale apostar desde já em técnicas e práticas como a yoga. Confira:

Yoga vs. estresse

A instrutora Pri Leite (@prileiteyoga), dona do canal no Youtube Pri Leite Yoga, explica que a prática de Yoga ajuda a promover o equilíbrio entre dois sistemas do corpo: o nervoso simpático, e o parassimpático. O primeiro prepara o organismo para reagir a situações de medo, estresse e excitação. É ele, por exemplo, que acelera os batimentos cardíacos, promove sudorese e nos deixa em estado de alerta. Já o segundo, basicamente, normaliza o funcionamento de todos os órgãos internos.

A Yoga promove o equilíbrio entre os nervoso simpático e parassimpático

Quando eles estão instáveis, fica difícil separar os momentos de agitação e relaxamento. “Infelizmente, quando estamos em constante estresse, o nosso sistema nervoso simpático fica sobrecarregado. E hormônios, como o cortisol, tomam conta do nosso corpo”, diz a especialista.

É aí que o yoga entra. “No geral, as posturas do yoga ajudam a promover equilíbrio hormonal (produção de oxitocina e endorfina), causando bem-estar. Já as técnicas mais específicas estimulam o sistema parassimpático, promovendo relaxamento”, afirma. É como se mandássemos uma mensagem para o cérebro dizendo que está tudo bem, que podemos respirar tranquilamente e que não há nada ameaçando nossa vida.

Respirar e meditar para acalmar

As técnicas de yoga vão muito além das posturas. A respiração é parte importante da prática, e cada tipo pode promover resultados completamente diferentes da sessão. “Bhastrika, por exemplo, visa massagear os órgãos internos e desintoxicar. A respiração vitoriosa — Ujai Paranayama — acalma a mente e aquece o corpo. Já pranayamas como Nadhi Shodana (respiração alternada) são incríveis para promover foco e equilíbrio do nosso sistema nervoso.”

-
Nir Livni/Divulgação

Outra questão imprescindível para o yoga diz respeito à meditação, o “estar presente”. “Na Índia é muito comum ouvir os professores chamando a nossa mente de ‘macaquinho’, sempre pulando de galho em galho”, explica Pri Leite. Quando você se concentra no que está acontecendo no momento — e leva isso para a vida, trabalho e relações —, “você lembra de cultivar a calma, pois sabe que tudo é passageiro.”

A própria instrutora reconhece que tudo isso é muito lindo em teoria, e que a realidade pode ser um pouco mais difícil de conquistar. “Mas é justamente por isso que yoga é uma prática, e não um ponto final. Com ela, aprendemos a aproveitar a caminhada”. Veja o que ela indica para acalmar mente e corpo:

Sessão de yoga para desestressar, por Pri Leite

1 – Postura da criança

-
Nir Livni/Divulgação

“É um ótimo exemplo de postura que qualquer pessoa pode experimentar. Possui um grande efeito calmante, contribuindo também para normalizar a pressão arterial, uma vez que coloca cabeça e coração no mesmo plano.

Em um mat, sente-se sobre os joelhos e os separe em uma distância maior que a dos quadris. Devagar, caminhe o corpo para frente até encostar a testa no tapete. Você irá sentir um alongamento nas costas e possivelmente nos quadris. A Intenção é que o aluno relaxe profundamente e se conecte com sua respiração, pois ela é aliada no equilíbrio do sistema nervoso.”

2 – Postura da pinça (Paschimottanasana)

-
Nir Livni/Divulgação

“É uma das melhores opções para acalmar o cérebro, pois ela proporciona alívio do estresse e da depressão leve. Também ajuda a reduzir ansiedade e fadiga, e ainda pode ser muito benéfica no combate à insônia, promovendo um bom sono.

Sente-se sobre seu tapete, com as costas retas e as pernas alongadas para frente. Exale e dobre o corpo para frente, tocando as pontas dos pés com as mãos. Depois, agarre os dedos dos pés e descanse na parte superior das panturrilhas ou sobre os joelhos. Mantenha a posição durante 10 segundos e descanse. Procure completar 8 ou 10 repetições.”

3 – Postura da borboleta deitada (Supta Buddha Konasana)

-
Nir Livni/Divulgação

“A postura da borboleta deitada é uma postura relaxante e restauradora. Para praticá-la, você deve estar o mais apoiado no tapete e confortável possível. Você pode usar essa postura no final de uma sessão de yoga, ou pela manhã ou à noite, para começar ou terminar o dia.

Deite de costas. Dobre os joelhos, mantendo as solas dos pés no chão. Abra os joelhos para os lados, aproximando as solas dos pés. Seus braços podem estar em qualquer posição confortável: acima da cabeça, relaxados ao lado do corpo ou apoiados nas coxas. Fique nessa posição alguns minutos enquanto a gravidade trabalha para aprofundar seu alongamento. Respire naturalmente durante toda postura. Se você estiver praticando-a em casa, defina um cronômetro para cinco ou 10 minutos para que você possa relaxar completamente.”

4 – Relaxamento (Savasana)

-
Nir Livni/Divulgação

“É poderosa e traz diversos benefícios para quem a pratica, como: produzir grande relaxamento para o corpo, curando os transtornos causados pelo excesso de tensão; reduzir terapeuticamente o risco de arritmia cardíaca, ataque cardíaco, pressão alta e colesterol; além de um efeito excelente contra a fadiga física e mental, acalmando as ondas cerebrais e estimulando a endorfina, serotonina e melatonina, hormônios que atuam no bem-estar e rejuvenescimento corporal.

Deitado em um tapete de yoga, edredom ou até mesmo no chão, comece espreguiçando como se estivesse acabado de acordar. Feche os olhos (se preferir) e inale e exale profundamente. Solte cada tensão do seu corpo e deixe-o ficar pesado em direção ao chão, relaxando e aproveitando esses minutos consigo mesmo sem expectativas e julgamentos. Leve as mãos sob o coração e preste atenção na sua respiração.”

Essa matéria faz parte da edição de dezembro de Boa Forma que tem como tema Detox e traz especiais sobre como fazer uma limpeza em diferentes áreas da vida. Clique aqui para ver os outros especiais da edição. 

-
xxxx/Thinkstock/Getty Images