Curiosa, recreativa ou racional: quem é você nos apps de paquera?

Autora do livro Tinderellas – O Amor na Era Digital traçou perfis diferentes de mulheres que estão nos aplicativos de relacionamentos

Por Carla Aranha Atualizado em 27 mar 2017, 19h38 - Publicado em 27 mar 2017, 19h37

Se ainda não decidiu dar uma chance aos aplicativos de relacionamento, saiba que eles ajudam você a se abrir para novas experiências. As paqueras virtuais ainda incrementam o repertório afetivo e sensual, segundo a psicóloga Lígia Baruch, uma das autoras de Tinderellas – O Amor na Era Digital (Ema Livros).

Ao entrevistar mulheres urbanas e conectadas, Lígia identificou três estilos de usuária (curiosa, recreativa e racional) e descobriu: você pode ir além do match! Escolher em vez de apenas esperar ser escolhida e, com isso, assumir o controle sobre sua própria vida amorosa e sexual.

1. Curiosa
Iniciante nesse tipo de aplicativo, gosta mais de olhar as fotos do que de conversar. Quer checar o mercado, ver se tem gente interessante, sem necessariamente marcar um date.

Leia mais: 10 filmes da Netflix para te ajudar em dilemas de relacionamento

2. Recreativa
Já perdeu o receio dos apps e conversa com várias pessoas, de diferentes idades e níveis econômicos. Quer se divertir e achar pessoas legais para transar sem compromisso.

3. Racional
Pragmática, não perde tempo: faz várias perguntas aos candidatos – quase uma entrevista de emprego – e só sai com quem se encaixa no perfil desejado.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade