O jeito certo de amarrar o seu tênis

Não adianta mudar o modelo do seu tênis, ele sempre provoca alguns incômodos? Então saiba que o problema pode estar no formato do pé. Veja como resolver a questão!

Você sempre amarrou o cadarço do tênis da mesma maneira e nunca se sentiu confortável? Isso pode acontecer porque seu pé tem uma particularidade ou outra que, com uma determinada amarração, pode melhorar sua vida. Diferentes formas de laçar seu cadarço pode deixar o seu tênis ainda mais confortável. Depende se você tem o pé cavo, se seu pé é mais gordinho, se você tem dor no dedão…

Pé cavo (peito do pé alto): deixe um espaço livre no meio
Quem tem pé cavo, o peito do pé alto, não deve entrelaçar o cadarço por toda a extensão do tênis. Não cruze o cadarço nos primeiros buracos, siga direto para os próximos, deixando um espaço livre no meio do sapato, para que fique agradável.

Dirima/ Thinkstock/ Getty Images Dirima/ Thinkstock/ Getty Images

Dirima/ Thinkstock/ Getty Images (/)

Calcanhar que sai do tênis: garanta a firmeza no topo
Entrelace normalmente o cadarço de forma cruzada até o penúltimo buraco. Quando chegar lá, não cruze-os, passe o cadarço por cima e só depois faça a cruzada.

Dirima/ Thinkstock/ Getty Images Dirima/ Thinkstock/ Getty Images

Dirima/ Thinkstock/ Getty Images (/)

Pé largo: deixe algum espaço
É bem semelhante das pessoas com o pé cavo. Mas lembre-se de deixar um espaço entre os laços para dar mais espaço aos seus pés.

Dirima/ Thinkstock/ Getty Images Dirima/ Thinkstock/ Getty Images

Dirima/ Thinkstock/ Getty Images (/)

Dor no dedão: tire a pressão do tênis sobre o seu dedão
Com uma ponta, trace todos os buracos do mesmo lado de maneira diagonal. A outra ponta vai pegar o primeiro buraco, do lado do dedão do pé, até o último. Quando acabar, passe a última ponta por cima e dê o laço.

Dirima/ Thinkstock/ Getty Images Dirima/ Thinkstock/ Getty Images

Dirima/ Thinkstock/ Getty Images (/)

Pé mais gordinho: aposte no cadarço paralelo
Entrelace o cadarço nos dois primeiros buracos normalmente e, depois, siga o de maneira paralela até o final do tênis. Dessa forma, seu pé não vai sentir tanta pressão. 

Dirima/ Thinkstock/ Getty Images Dirima/ Thinkstock/ Getty Images

Dirima/ Thinkstock/ Getty Images (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Charlis Dos Santos F

    Muito bom, ficou perfeito no meu pé, usei o método do pé largo pulando 2 buracos e ficou ótimo

    Curtir