Detox mexicana: a dieta que está fazendo todo mundo emagrecer lá fora

Comida mexicana é saudável? ¡Si, señor! A nova dieta dos tacos está dando o que falar e propõe a (nada) difícil tarefa de emagrecer devorando as tortilhas – com recheios vegetarianos que auxiliam na perda de peso e matam a fome de verdade. Adaptamos a dieta sensação para uma versão made in Brazil, que pode ser feita até com tapioca!

Por Eliane Contreras - Atualizado em 27 out 2016, 19h07 - Publicado em 12 abr 2016, 11h26

Até agora, comer fora com as amigas e fazer dieta eram duas tarefas complicadas de administrar ao mesmo tempo. Mas esse problema vai ficar para trás. Um grupo norte-americano intitulado “cientistas dos tacos” estudou uma maneira saudável – e magra – de incluir tacos no cardápio diário, em todas as refeições, sem perder a briga para a balança. Não, eles não são cientistas de verdade: são amigos que, meio na brincadeira, decidiram testar receitas saudáveis de comida mexicana. Surpresa: deu certo. Tanto que a experiência se transformou em um programa de emagrecimento e desintoxicação, apresentado no livro The Taco Cleanse (inédito no Brasil e esgotado na loja online Amazon em um mês) e já conquistou famosas como a atriz Jennifer Aniston.

Motivos para levantar o sombreiro e comemorar a invenção, não faltam – a começar pelo aval de experts em alimentação saudável. “Os itens sugeridos para serem colocados nos tacos (tortilhas feitas com carboidratos ricos em vitaminas, como a mandioca e o milho) são cheios de vitaminas, minerais, proteínas vegetais de fácil digestão e não apresentam excessos de carboidratos, o que facilita a perda de peso”, afirma a nutricionista funcional Carolina Baliere, de Juiz de Fora (MG). Se você é intolerante à lactose ou ao glúten, o regime mexicano original do livro também está liberado, já que ele é livre da proteína do leite (e da lactose) e do trigo. “Isso evita sintomas persistentes, como gases, constipação, enxaqueca e sinusite”, diz. Corremos atrás de uma versão abrasileirada da dieta e comprovada por especialistas. 
 


CARDÁPIO DA DIETA DO TACO

A versão original sugere taco no café da manhã, no almoço, no jantar e até nos lanches – sempre com recheios veganos. A nutricionista Carolina Furlani Baliere, de Juiz de Fora (MG), acrescentou receitas de tapioca e crepioca, além de fazer outras adaptações que combinam mais com o nosso paladar, como incluir itens da dieta vegetariana. São 1 300 calorias em média por dia – dá para perder até 4 quilos em um mês.

CAFÉ DA MANHÃ
Opção 1: suco verde (1 folha de couve + suco de 2 limões + 1/2 maçã com a casca + 1 col./café de gengibre ralado + 1 copo/200 ml de água) + 1 tapioca com chia com pasta de tofu e ervas finas 

Opção 2: suco de frutas vermelhas (1 polpa congelada de frutas vermelhas batida com 1 copo/200 ml de água – se quiser adoçar, use estévia) + 1 crepioca com 2 col. (sopa) de abacate com sal e 1 fio de azeite extravirgem (ou com guacamole) e broto de alfafa (opcional)

Opção 3: 1 copo (200 ml) de leite vegetal (amêndoa, aveia) puro ou com café + 1 taco funcional com 2 col. (sopa) de ricota de amêndoa temperada com 1 fio de azeite extravirgem, pouco sal (rosa ou marinho) e orégano

LANCHE DA MANHÃ
Opção 1:  fruta (1 maçã ou 1 pera ou ½ papaia) 

Opção 2: 2 castanhas-do-pará e 3 nozes

Opção 3: 1 barrinha de cereal integral (com pouco açúcar, de preferência)

ALMOÇO
Opção 1: salada de folhas verdes à vontade temperada com pouco sal, limão (ou vinagre) e 1 fio de azeite extravirgem e ervas (orégano, manjericão picado) + crepioca com abacate e molho de creme de leite de castanhas

Opção 2: salada de folhas verdes à vontade temperada com pouco sal, limão (ou vinagre) e 1 fio de azeite extravirgem e ervas (orégano, manjericão picado) + 1 taco funcional com recheio de grão-de-bico

Continua após a publicidade

Opção 3: salada de folhas verdes à vontade temperada com pouco sal, limão (ou vinagre) e 1 fio de azeite extravirgem e ervas (orégano, manjericão picado) + 1 taco funcional com guacamole, ovo “frito” na água, brócolis cozidos e picados

LANCHE DA TARDE 1
Opção 1: 1 taco funcional com pasta de grão-de-bico, 1 bolinha de mussarela de búfala, açafrão da terra, salsa e cebolinha + 1 copo/200 ml de água de coco

Opção 2: 1 taco funcional com geleia de fruta sem açúcar + 1 copo (200 ml) de chá gelado (hibisco, chá-verde, hortelã)

Opção 3: 1 taco funcional com 1 fio de azeite extravirgem e ervas (alecrim, manjericão e orégano) 

LANCHE DA TARDE 2
Opção 1: 1 banana com 1 col. (sobremesa) de cacau em pó sem açúcar

Opção 2: 2 maçãs em fatias finas com 1 col. (sobremesa) de óleo de coco e polvilhadas com canela 

Opção 3: 3 rodelas médias de batata-doce cozida e polvilhada com canela 

JANTAR
Opção 1: sopa de abóbora com 1 concha média de lentilha cozida 

Opção 2: 1 pedaço pequeno de lasanha de berinjela com abobrinha 

Opção 3: 1 taco funcional com berinjela com tomate (receita a seguir), cebola-roxa em tiras, tomate-cereja, um ramo pequeno de salsinha, tofu ralado e coentro (opcional)

 

CEIA
1 xíc. (chá) de erva (cidreira, capim-limão, hortelã)

Continua após a publicidade
Publicidade