Estudo confirma: dieta vegana é eficaz para ganhar massa muscular

Estava na dúvida se conseguia aumentar os músculos sem derivados de carne?

Por Guilherme Kamio Atualizado em 4 nov 2021, 10h15 - Publicado em 15 nov 2021, 10h06

Nos últimos anos, descobriu-se que a proteína isolada de soja induz a aumentos nas taxas de síntese de proteína muscular. Agora, uma investigação recente, conduzida pelo Grupo de Pesquisa em Fisiologia Aplicada e Nutrição da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), demonstrou que independentemente da preferência alimentar, tanto os veganos quanto os onívoros podem obter ganho de massa muscular e força com a proteína isolada de soja.

O estudo colocou 38 homens (19 onívoros e 19 veganos), com idade média de 25 anos, em um programa de treinamento de peso supervisionado. Durante três meses, os participantes tiveram duas sessões de treinamento semanais. Todos os indivíduos tiveram suas dietas ajustadas para incluir 1,6 grama de proteína por quilograma de peso corporal. Os onívoros receberam suplemento de proteína de soro de leite (whey) adicionado à dieta habitual, enquanto os veganos receberam a proteína isolada de soja.

No início e no final do experimento, foram coletados dados sobre a massa magra da perna, músculo inteiro e áreas transversais da fibra muscular, bem como leg press 1RM. Esses dados mostraram que ambos os grupos alcançaram ganhos iguais em massa e força muscular. A metodologia e os resultados estão documentados neste artigo.

“A grande descoberta do estudo da USP nos ajuda a compreender melhor o campo da pesquisa muscular. Até recentemente, acreditava-se que a proteína de whey era a escolha ideal. A nova pesquisa prova que a proteína de soja apoia os músculos da mesma forma quando complementado com uma dieta à base de vegetais. Com um grupo vegano mostrando os mesmos ganhos musculares que a proteína de soro de leite, isso nos dá uma mensagem um pouco diferente sobre esta população específica”, afirma Barbara Peters, Cientista de Nutrição da IFF.

O estudo utilizou a proteína isolada de soja SUPRO®, uma fonte vegetal de alta qualidade que apresenta 90% de proteína e todos os aminoácidos necessários para a saúde muscular, além de excelente digestibilidade.

“A proteína isolada de soja SUPRO®, é adequada para aplicações em suplementos de nutrição esportiva, em bebidas em pó ou prontas para beber. Os resultados promissores do estudo podem encorajar um maior uso em outras categorias como de suplementos dietéticos e opções de produtos nutricionais mais saudáveis”, acrescenta Barbara Peters.

Continua após a publicidade

Publicidade